7/10/2019

A Expiação de Cristo

A Expiação de Cristo
Texto: Hebreus 9

Introdução

1. O sacrifício de Jesus foi eternamente proposto por Deus para expiar os pecados do homem. (Efésios 3:10-11)

2. Pode-se aprender muito sobre o Seu sacrifício voltando ao Antigo Testamento e estudando as coisas da Antiga Lei que serviram como tipos, sombras e figuras das coisas por vir.

I. O Tabernáculo e Seus Utensílios

A. O pátio exterior.
1. O altar da oferta queimada. (Levítico 27:1-8)
2. A pia. (Êxodo 30:17-21)
B. O lugar santo
1. O candelabro de ouro. (Êxodo 37:17-24)
2. O altar do incenso. (Êxodo 30:1-10)
3. A mesa do pão da proposição. (Êxodo 37:10-16)
C. O lugar mais sagrado. (Santo dos Santos)
1. A arca da aliança: as tábuas de pedra, a tigela de maná e a vara de Arão que brotou. (Êxodo 25:10-22)
2. O propiciatório. (Êxodo 25:17-18)

II. O Dia da Expiação. Levítico 16:1-34

A. O dia anual em que o Sumo Sacerdote oferecia sacrifício pelos pecados do povo.
B. As atividades do dia:
1. O sumo sacerdote devia se vestir com vestes sagradas. (vv. 3-4)
2. O sumo sacerdote se lavava na pia. (v. 4)
3. O sumo sacerdote oferecia um novilho como oferta pelo pecado por si mesmo. (vv. 6,11)
4. Uma oferta de bode era feita pelos pecados do povo - um bode era sacrificado, ele se tornava um “bode expiatório”. (Vv. 7-11, 20-22)
5. Uma nuvem de incenso era oferecida do incensário de ouro. (vv. 12-13)
6. O sumo sacerdote aspergiria o sangue do novilho e do bode no propiciatório. (vv. 14-16; Levítico 17:11)

III. Nossa Expiação em Jesus. Romanos 5:11

“E não somente isso, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora temos recebido a reconciliação”

A. O sumo sacerdote que está vestido de santidade. (Hebreus 7:26; 4:15)
B. Batizado com o batismo de João para “cumprir toda a justiça” (Mateus 3:11).
1. O batismo de João foi para purificação.
2. Jesus foi batizado por João para satisfazer as exigências do céu.
C. Ele não precisava de oferta pelo pecado para Si mesmo, pois Ele era sem pecado. (Hebreus 7:26-28)
D. Ele foi feito pecado por nós (Hebreus 10:4; 2 Coríntios 5:21; Mateus 25: 31-46; Apocalipse 5:6; João 1:29)
E. Ele foi um sacrifício para Deus em um “cheiro suave”. (Efésios 5:2)
F. Seu sangue foi dado para a remissão dos pecados. (Hebreus 9:22; 9:11-14)
1. Expiação (Mateus 26:28)
2. Apaziguamento - propiciação. (Romanos 3:25)
3. "Propiciatório" (Hebreus 9:5; João 14:6; Efésios 3:8-12)

Conclusão

Hebreus 9:23-28 23 Era necessário, portanto, que as figuras das coisas que estão no céu fossem purificadas com tais sacrifícios, mas as próprias coisas celestiais com sacrifícios melhores do que estes. 24 Pois Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, mas no próprio céu, para agora comparecer por nós perante a face de Deus; 25 nem também para se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote de ano em ano entra no santo lugar com sangue alheio; 26 doutra forma, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo; mas agora, na consumação dos séculos, uma vez por todas se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo. 27 E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o juízo, 28 assim também Cristo, oferecendo-se uma só vez para levar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação”.
Último
Próximo

0 Comments:

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *