4/16/2019

As Marcas de Um Cristão Amadurecendo

As Marcas de Um Cristão Amadurecendo
Texto: Efésios 4:11-32

Introdução: De acordo com os versículos 11-13, Deus deu à igreja seus líderes espirituais com o único propósito de promover o crescimento espiritual dentro do corpo de Cristo. A razão pela qual o crescimento é necessário é óbvio. A Bíblia é clara quando nos diz que todo cristão é um bebê quando é salvo. Por isso, o processo é chamado "O Novo Nascimento", João 3:3, 7; 1 Pedro 1:23.

Assim como todos os pais no mundo ficam encantados quando veem seus filhos crescendo e amadurecendo, Deus se alegra quando vê Seus filhos fazendo a transição da infância para a idade adulta em um sentido espiritual. Deus quer que nos movamos do berçário espiritual para o campo de batalha espiritual. Ele quer que deixemos o reino do leite, babadores e fraldas e Ele quer que entremos no reino do alimento sólido, das batalhas e da devoção, v. 13; 1 Coríntios 3:1-3; 2 Pedro 3:18; 1 João 2:12-14. O plano de Deus para cada um dos Seus filhos é vê-los todos atingirem a maturidade espiritual! Ele só quer que a gente cresça!

Os versos que lemos contêm informações que precisamos para tornar nosso desejo de crescer uma realidade. Estes versos indicam muito claramente as marcas de um cristão amadurecendo. Tudo o que peço que você faça hoje é colocar sua vida ao lado da Bíblia. Esta passagem lhe dirá se você está crescendo ou não. Se você está interessado em crescer, observe comigo as marcas de um cristão em amadurecimento.

I. Eles São Marcados Pela Firmeza. V. 14-16

(Esses versículos apontam três áreas em que o crente em crescimento é considerado firme e estável)

A. Eles são firmes na doutrina. V. 14 - Eles não estão sendo constantemente enganados pelos falsos ensinamentos do mundo ao seu redor. O crente em amadurecimento é aquele que sabe no que acredita e por que acredita. Eles gastam tempo na Palavra de Deus e não são enganados pelas mentiras, truques e armadilhas do inimigo! (2 Timóteo 2:15; 2 Timóteo 3:16-17)

B. Eles são firmes no desenvolvimento. V. 15 - O crente em crescimento tem uma profunda atração pela verdade de Deus. Eles estão constantemente adaptando suas vidas aos ensinamentos da Bíblia. Eles tomam tempo para descobrir o que Deus quer de suas vidas e eles mudam o que for necessário para se alinhar com a vontade de Deus. (1 João 2:3-4; 5:3) eles fazem isso porque a obediência à palavra de Deus produz a genuína semelhança com Cristo em suas vidas!

(Nota: Assim como muitas crianças querem crescer para ser como sua mãe ou pai, o crente em crescimento quer crescer para ser como Jesus). O crente em crescimento está progredindo firmemente em seu relacionamento de crescimento!

C. Eles são firmes na devoção V. 16 - Assim como nossos corpos humanos são unidos maravilhosamente, assim o corpo de Cristo foi cuidadosamente "compactado". Cada membro no lugar que agradou ao Senhor, 1 Coríntios 12:12-27. O crente em crescimento quer encontrar seu lugar no corpo e preencher esse lugar com o melhor de sua capacidade. É um sinal de maturidade espiritual quando um crente faz o seu melhor para realizar as tarefas que foram dadas pelo Pai.

(Nota: Quando uma parte desses corpos físicos não cumpre sua tarefa, causa problemas para todo o corpo. Quando uma parte falha, todo o corpo sofre! O mesmo é verdadeiro na igreja. Quando toda pessoa participa e faz o que eles foram designados para fazer, as coisas funcionam suavemente quando eles não fazem o que devem fazer, toda a igreja sofre como resultado!) Em suma, você pode contar com um crente amadurecendo!

II. Eles São Marcados Por Uma Clara Separação. V. 17-24

(Um crente amadurecido é facilmente identificado porque ele é muito diferente do mundo ao seu redor. Esses versículos falam sobre esse assunto)

A. Eles são separados das obras das trevas. V. 17-19 - Paulo faz uma distinção entre como o homem perdido vive e como o homem salvo vive. Quando uma pessoa recebe a Jesus como seu Salvador pessoal e nasce de novo, ela literalmente recebe uma nova vida. Ela não pode mais andar como ele andava anteriormente. Ela não pode mais viver como antes vivia. O homem perdido vive como ele quer, porque ele é cego para as causas e consequências de suas ações. Ele não sabe para onde está indo e ele não vê a necessidade de ser diferente do que ele é. O crente em amadurecimento, por outro lado, não está mais na escuridão. As luzes foram acesas em sua alma! A velha maneira de viver já não é boa o suficiente. Há um novo desejo de andar no caminho que o Senhor estabelece. A vida deixou de ser sobre a "vontade própria" (Nota: "avidez" - v. 19) e tornou-se tudo sobre a "vontade de Deus". É por isso que a Bíblia identifica o crente como "uma nova criatura", 2 Coríntios 5:17.

B. Eles são separados de uma caminhada das trevas. V. 20-24 - O crente recebeu uma mudança de vida que resulta em uma mudança em sua caminhada. Somos chamados a "despojar", de uma vez por todas, os caminhos do velho homem que está piorando a cada dia. (Nota: As palavras "que se corrompe" estão no tempo presente e falam de um cadáver que está apodrecendo ao sol. Cada dia traz consigo mais evidências de que o cadáver está morto!) Somos chamados a "revestir", uma vez para todos, o novo homem, que foi criado em retidão e santidade. Quando o novo crente chega à fé em Jesus, ele aprende um novo modo de vida, v. 19-20! Ele experimenta uma mudança de coração que resulta em uma profunda mudança de mente, v 23! Deus coloca um novo desejo dentro de seus filhos que os faz querer viver de forma diferente do que eles costumavam viver! O resultado é o seguinte: o crente em maturidade é diferente, age de maneira diferente, anda diferente e pensa diferente do que antes!

III. Eles São Marcados Por Padrões Cristãos. V. 25-32

(À medida que entramos nesta seção da passagem, Paulo começa a falar sobre o dia a dia do crente em amadurecimento. Ele se concentra principalmente em como ele age, reage e interage com o próximo e com o próximo crente. O que eu quero que você note é isto: para o crente em amadurecimento, a ênfase na vida é removida do "eu" e é focada em "outros", V. 19!

A palavra "ganância" vem de uma palavra que sempre traduziu "cobiça". Em outras palavras, o homem perdido vive como ele quer, porque é egoísta! O bebê cristão também vive esse tipo de existência egocêntrica e egocêntrica, mas o cristão amadurecido passou a entender que o mundo é maior do que ele. Ele se preocupa com a vida dos outros e isso é mostrado em suas relações com outros crentes! Lembre-se do que Jesus disse sobre Seu povo. A única característica definidora pela qual Jesus disse que Seu povo poderia ser identificado era que eles amariam uns aos outros, João 13:35. O crente em amadurecimento descobriu isso!)

A. Eles são cristãos em como eles agem. V. 28 - Ao invés de pegar o que pertence a outro para satisfazer desejos pessoais, o crente é desafiado a trabalhar para que ele possa ganhar dinheiro para ajudar os outros. O ponto principal aqui é que o eu deixa de ser um grande motivador na vida! Os outros crescem em sua importância para nós. O cristão em crescimento é aquele que começou a olhar além de si mesmo, Filipenses 2:4, para ver as necessidades dos outros.

B. Eles são cristãos em como reagem V. 26-27, 31-32 - Esses quatro versículos falam sobre a mesma coisa. Eles falam de aprender a controlar sua ira quando você está ofendido e de aprender a oferecer perdão quando você está ferido! O crente em amadurecimento não permite que as mágoas que eles sofrem nas mãos dos outros lhes causem problemas espirituais!

O verso 27 nos diz para irar sem pecar. Como isso é possível? Isso só pode acontecer quando você está com ira apenas das coisas que enfurecem a Deus! Ele está falando de justa indignação! Qualquer outro tipo de ira abre uma brecha em sua vida da qual o diabo pode atacá-lo, v. 28. E, se você der brecha, ele se tornará seu governante! Os versículos 31-32 nos dizem que devemos nos abster de ficar irados e atacar os outros. Devemos perdoá-los da mesma forma que nós mesmos fomos perdoados! Nós devemos fazê-lo mesmo que eles não consigam ser bons conosco!

C. Eles são cristãos em como eles interagem. V. 25, 29-30 - Estes versos falam sobre como nos relacionamos uns com os outros. Devemos sempre falar a verdade, v. 25. Quando mentimos para um companheiro de fé, estamos mentindo para o corpo de Cristo e para nós mesmos! Nós devemos observar o discurso maligno que tenta derramar de nossas bocas. Quando falamos, deve ser para edificar ou construir outra pessoa! Qualquer outra coisa entristece o Espírito de Deus e impede a igreja! O crente maduro sabe disso e procura controlar sua língua, Tiago 1:26; 3:1-12. Enquanto os tolos falam e demonstram sua ignorância, Eclesiastes 5:3. É melhor ficar quieto e deixar que as pessoas pensem que você é um tolo do que abrir a boca e remover todas as dúvidas.

Conclusão: Quando você estava crescendo, seus pais sempre diziam a você: "Eu gostaria que você crescesse!" Você sabe o que significa, não sabe? Eles queriam que você agisse mais maduro do que você estava agindo. Eu me pergunto se Deus olha para a Sua igreja e diz: "Eu gostaria que eles crescessem!" Bem, algumas pessoas nunca amadurecem!

Eu tenho um amigo em seus trinta e tantos anos e ele age como ele agia quando tinha 15 anos. Bom rapaz, ele nunca amadurecerá. O mesmo nunca deve ser dito sobre um cristão. Cada um nesta igreja que é salvo deve estar se movendo firmemente em direção à maturidade no Senhor a cada dia que passa. Você está amadurecendo? Você possui as marcas de um cristão maduro? Há ajuda para sua necessidade neste altar!

Gostou Desse Esboço? Conheça 365 Esboços de Sermões Selecionados:
Anterior
Próximo

0 Comments: