Vivendo em Santidade

Texto:  “Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição” (1 Tessalonicenses 4.3).

Introdução: A santidade do crente não pode ser algo teórico, quem sabe até inatingível. Se não vivermos em santidade, todo o conhecimento de nada adiantará.

No que implica andar em santidade?

1. Não mais viver em pecado
a. Já morremos para o pecado – “Como viveremos ainda no pecado, nós os que para ele morremos?” (Rm 6.2).
b. Não podemos servir a dois senhores – “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas” (Mt 6.24).
c. Já rompemos com o pecado e vivemos em novidade de vida – “Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida. Porquanto quem morreu está justificado do pecado” (Rm 6.4, 7).
Não mais viver no pecado significa romper, deixar, não ter prazer no pecado. O pecado não é normal na vida do cristão.

2. Andar na contramão da história
a. O cristão nunca toma a forma do mundo, ele dá a forma, ele influencia, mas ele nunca se conforma – “Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância; pelo contrário, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento, porque escrito está: Sede santos, porque eu sou santo” (1 Pe 1.14-16).
Veja também: Rm 12.1, 2; Ef 5.1-17.
b. A postura do cristão será sempre oposta, contraria a postura, comportamento do mundo. Nisto o cristão é diferente.
c. O cristão é como o navio, ele está no mundo mas o mundo não está nele, assim como o navio está na água mas a água não está no navio – “Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal” (Jo 17.15).

3. Viver em união permanente com Cristo
a. Jesus é Deus, é santo. Estar unido a ele significa andar como ele andou – “como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele” (At 10.38). Viver como ele viveu – “Porquanto para isto mesmo fostes chamados, pois que também Cristo sofreu em vosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os seus passos” (1 Pe 2.21). Amar como ele amou – “Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos” (Jo 15.13). Servir como ele serviu – “Pois o próprio Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (Mc 10.45).
b. Ele nunca pecou, logo, estar unido a ele significa ter o caráter dele, sua pureza, ser parecido com ele. Os santos trilham os caminhos de Jesus. Os santos são cristocêntricos.

4. Viver na dependência de Deus

a. Dependência de sua misericórdia, da sua graça, da sua ajuda – “Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer” (Jo 15.5).
b. Dependência do Espírito Santo; é ele quem produz o fruto – “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei” (Gl 5.22, 23).
c. É olhar cada dia para Jesus e lembrar que sua obra na cruz e na ressurreição foi completa.
d. É reconhecer que em Cristo estão todos os recursos, os “tesouros escondidos”. Em nós mesmos nada temos, mas em Cristo tudo é possível. As lutas existem, mas a vitória é certa – “E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito” (Ef 5.18).
Veja também: Gl 6.1; 1 Co 10.12, 13; Tg 4.7; Ef 6.12-14.

Conclusão: A santidade é a marca dos que foram justificados e selados pelo Senhor. Santidade significa que somos o povo de propriedade exclusiva de Deus, somos a nação santa – “Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” (1 Pe 2.9).

Messias Anacleto Rosa


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Vivendo em Santidade Reviewed by Aldenir Araujo on 4/02/2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.