Os Nossos Recursos

Texto: Efésios 6:10-19

Introdução: Ao que tudo indica o apóstolo, ao permanecer sob a vigilância constante de soldados romanos, inspirou-se na roupagem de um soldado para descrever o que consta neste trecho de Efésios. A Armadura de Deus que Ele recomenda a nós, é a descrição dos paramentos de um soldado daqueles tempos. Quanto a sermos soldados, trata-se de uma figura comum nas Escrituras. Por exemplo, em II Timóteo 2:3-4, lemos: Suporte comigo os meus sofrimentos, como bom soldado de Cristo Jesus. Nenhum soldado se deixa envolver pelos negócios da vida civil, já que deseja agradar aquele que o alistou.

1º Você é um soldado e não pode ignorar isto! Há um inimigo que investirá contra você e contra todo o povo de Deus. Somente há uma maneira de você resistir e prevalecer, utilizando-se da força e do poder que o Senhor coloca ao nosso dispor, através de Jesus Cristo: Fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder (v. 10). Em II Coríntios 11:3, o apóstolo ensina que Satanás investe contra nós exatamente da mesma maneira como investiu contra Eva, na intenção de controlar nossas mentes.

2º Nem subestimando, nem superestimando o inimigo. São dois os erros que precisamos evitar. O primeiro, de desprezar o inimigo e fazer de conta que ele não existe. Agindo assim, logo você descobrirá a tolice que fez. O outro erro, o de superestimá-lo, dando-lhe um status que não possui. Ainda que a Bíblia nos ensine a vigiar contra suas investidas, temos a garantia de que maior é o Senhor que está conosco e que as armas que Deus nos disponibiliza são suficientes para destruir todas as fortalezas do Maligno (2 Coríntios 10:4).

3º Você precisa tomar posse de sua armadura! Vistam-se de toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do Diabo (Efésios 5:11). O apóstolo garante que devidamente armados, seremos capazes de resistir no dia mau e permanecer inabaláveis (v. 13).

Haverá dias quando os ataques serão mais concentrados e visarão nos derrubar. A armadura é garantia de resistência.

Eis os componentes da armadura:

a) O cinto da verdade: A mentira sempre oferece brecha a Satanás, chamado por Jesus de “pai da mentira” (João 8:44). Em contrapartida, Jesus declarou: Eu Sou a Verdade (João 14:6). O Espírito Santo é o Espírito da verdade, e nos guia por ela (João 16:13).

b) A couraça da justiça: Deus é perfeitamente justo e da nossa parte devemos ter fome e sede de Sua justiça (Mateus 5:6). Significa estar debaixo da aprovação de Deus, na fidelidade. A obediência é garantia de uma cobertura, uma couraça sobre nossas vidas.

c) O calçado para os pés: Seus pés têm que ter a formosura peculiar de quem se deixa conduzir pelo Senhor a anunciar suas Boas Novas. Isaías 52:7 é um texto chave para você entender acerca desta “beleza” que há nos pés de um ganhador de almas. Há um par de sandálias sobrenaturais, para os pés do que se prepara e anuncia o Evangelho. São os mesmos calçados que o farão correr com a velocidade da corça e saltar muralhas...

d) O escudo da fé: Efésios 5:16 explica que o escudo é para nos defender de dardos inflamados, que são flechas com fogo do inferno. Este escudo serve para nos conservar fiéis – os dardos tentarão minar nossa fidelidade e nos fazer desistir da fé. De diversas formas estes dardos serão arremessados, principalmente por meio de palavras vindas de outras pessoas. Todo soldado tinha que manter seu escudo ungido! O Espírito Santo em sua vida proverá o óleo para seu escudo.

e) O capacete da salvação: Trata-se da sua identidade – a certeza que você precisa ter de quem é diante de Deus. Você precisa lembrar-se de que recebeu uma nova identidade através de Jesus Cristo, como Filho de Deus. Esta identidade lhe dá acesso às regiões celestiais e à fonte de poder e autoridade, em Jesus Cristo.

f) A espada do Espírito: A Palavra de Deus, as Escrituras. Foi com Ela que Jesus venceu Satanás nas tentações após Seu batismo (Mateus 4:1-10). É preciso conhecer, aprender, praticar e saber manejar a Palavra.

g) Oração: Efésios 5:18 tem uma alusão toda especial à oração. O Espírito Santo nos ensina e conduz na oração. Tão importante é a oração que diversas palavras o Senhor Jesus dirigiu aos Seus discípulos acerca de como orar e da necessidade de orar sempre.

Conclusão: Tome posse agora da armadura! Comece a orar com seus discípulos neste momento e leve-os a declarar que reconhecem que são soldados, que o Senhor dos Exércitos é nossa garantia de vitória e que tomam posse de toda a armadura. Leve-os a declarar que reconhecem cada componente enumerado e que se apropriam deles, um a um. Em seguida, ore por Eles, peça o revestimento, o fortalecimento e a proteção do Senhor a eles.

Com relação às sandálias, à espada e à oração, aproveite para despertá-los a se envolverem com a Igreja, com a Escola de Líderes, Escola Bíblica. Explique que a comunhão com a Igreja (o quartel general) e com os demais soldados é fundamental.

Pastor Paulo Petrizi


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Os Nossos Recursos Reviewed by Aldenir Araujo on 3/07/2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.