O homem que procura Jesus

Texto: Lucas 19:1

Introdução: A poucos quilômetros do Jordão, da banda ocidental do vale que se estendia daí numa planície, descansava a cidade em meio de verdura tropical e luxuriante beleza. Com as palmeiras e preciosos jardins regados por fontes naturais, brilhava qual esmeralda no engaste das calcárias colinas e desolados barrancos que se interpunham entre Jerusalém e a cidade da planície. Jericó era uma importante cidade nos dias de Jesus. Ela situava-se a apenas 27 Km de Jerusalém, Muitas caravanas passavam de caminho para Jerusalém. Sua chegada era sempre um momento de alegria para os moradores daquela cidade. Por isso era também um importante centro de comércio. Os oficiais romanos e os soldados, bem como estrangeiros de todos os pontos, aí se achavam, ao passo que a coletoria da alfândega a tornava morada de muitos publicanos.

Zaqueu queria ver a Jesus

Por que essa curiosidade? Porque as notícias dos milagres, das pregações, das atitudes de Jesus se espalharam por toda parte. Jesus era a figura mais comentada, discutida, defendida ou acusada de Sua época. Zaqueu estava curioso e queria ver quem era Jesus de Nazaré. Sua curiosidade foi uma bênção! Recebendo a Jesus em sua casa, recebeu a bênção da conversão e da salvação.

I. O homem que procura Jesus vence todos os obstáculos para que possa vê-lo. V. 2-4

  1. Vence o obstáculo de sua profissão. Zaqueu era um publicano, ou seja, um funcionário judeu a serviço do governo imperialista romano. Coletava impostos dos seus compatriotas, para encher os cofres do império romano. Muitos publicanos extorquiam o povo, cobrando mais do que era realmente devido a Roma. O texto declara que ele era o chefe dos publicanos e que era rico, pois na função de supervisor recebia o percentual de todo o imposto cobrado pelos outros publicanos a ele subordinados, e muito provavelmente algumas comissões adicionais. Se um publicano já era alvo da aversão de toda a população judaica, sendo considerado traidor da pátria e pecador, que reputação teria o maioral deles? Esse era o caso de Zaqueu.
  2. Vence o obstáculo de sua posição na sociedade. Zaqueu era um rejeitado, um malvisto da sociedade por causa da profissão que exercia.
  3. Vence o obstáculo de sua condição financeira. Zaqueu era um homem rico. Não se pode dizer que os ricos são rejeitados por Deus em razão da sua riqueza. Nós também não podemos rejeitar os ricos, ao contrario, quem não gostaria de ter um amigo rico? Mas o problema era que Zaqueu tinha vendido sua honra para ganhar muito dinheiro! E o dinheiro não o tornou feliz!
  4. Vence o obstáculo de sua condição física. Zaqueu era homem de pequena estatura, e talvez tivesse problemas e complexos por causa do seu tamanho.
  5. Vence o obstáculo da multidão. Sicômoros: O grego sykaminos é a tradução do hebraico sikmah que é uma figueira especial própria da região. Os frutos do sicômoro são como figos, de cor rosa quando maduros. Em outras traduções bíblicas o sicômoro também é chamado de Figueira brava.

É uma árvore de tronco forte, cujos galhos saem muito próximos do chão, de modo a formar uma espécie de banqueta a menos de um metro de altura, sendo fácil subir a essa plataforma de onde brotam os ramos. Dali, poder melhor olhar a multidão que passava, como de um tamborete, Agora imaginemos a situação embaraçosa de Zaqueu, com a multidão zombando dele, enquanto de cima do sicômoro, tentava ver a Jesus.

Para podermos "ver a Jesus" precisamos "subir para um lugar mais alto", sair do "meio da multidão". É preciso subir acima das coisas mundanas, mesquinhas, egoístas, interesseiras, gananciosas, fúteis, enganadoras. É preciso ir além, muito acima da mentalidade do mundo, da podridão da sociedade dominante, do veneno injetado todos os dias pelos grandes meios de comunicação, bem como dos interesses mesquinhos e escravizadores do coração não convertido.

Para subir o nosso "sicômoro" precisamos decidir conhecer a Jesus. Sem esse propósito, continuaremos "no meio da multidão" e não poderemos "ver a Jesus", porque somos pequenos, “de baixa estatura".

II. O homem que procura Jesus verifica, com surpresa, que Jesus também está à sua procura. V. 5, 7,10

  1. Jesus está à procura de todos os pecadores. V. 5. Jesus chamou Zaqueu pelo nome. Jesus conhecia Zaqueu e suas necessidades espirituais. “Ele também nos conhece por nome, sabe qual nossa ocupação ou negócio, onde vivemos e quais nossas experiências.” No versículo 7 vemos uma mesquinha acusação: ‘Todos os que viram isso murmuravam, dizendo que Ele (Cristo) se hospedara na casa de um homem pecador.” Mas quem neste mundo não é pecador? Que bênção Jesus ter essa característica – a de amar os pecadores!
  2. Jesus quer salvar todos os que se reconhecem perdidos e afastados de Deus.

III. O homem que procura Jesus encontra a verdadeira salvação e paz para a sua alma. V. 6, 9

  1. Apressa-se para hospedar Jesus no seu coração.
  2. Não fica procrastinando em seu coração. Aquela era a última oportunidade de Zaqueu, porque foi a última vez que Jesus passou por ali. Zaqueu foi um dos últimos homens alcançados por Jesus por Jesus em seu ministério aqui na Terra, antes de morrer na cruz.
  3. Torna-se um verdadeiro filho de Abraão, pela fé em Cristo.

IV. O homem que procura Jesus mostra ao mundo, através de sua vida e seu testemunho, a transformação que Jesus efetua. V. 8

  1. O novo crente quer confessar publicamente a sua nova fé em Cristo
  2. O novo crente quer endireitar a sua vida. V. 8. Não é questão de quanto o novo crente terá de deixar quando aceita a Jesus como seu único e suficiente Salvador. Mas de quanto poderá fazer por Aquele que o procurou e o salvou!
  3. O novo crente quer ser uma bênção para a humanidade, para o seu próximo... “dou aos pobres a metade dos meus bens.”

Conclusão: Queridos irmãos e amigos da palavra de Deus! Você pode ter a mesma paz e felicidade que Zaqueu possuía quando encontrou a Jesus naquele dia em Jericó. Jesus Cristo, o Salvador e Mestre, convida você, agora, hoje! Ele conhece os seus e os meus problemas, as suas e as minhas necessidades e os nossos pecados são patentes aos Seus olhos.

Jesus quer salvar a mim e a você como salvou Zaqueu. Zaqueu foi um homem que procurou a Jesus. Você também deve procurar a Jesus. Deve procurar a salvação naquele que morreu na cruz por você e por mim. Jesus quer salvar a todos os Seus filhos.

Faça meu amigo, a mesma decisão que Zaqueu fez. Se ele tivesse procrastinado, talvez nunca mais teria encontrado a salvação, porque Jesus nunca mais voltou a Jericó. Hoje, Cristo está passando, e convida a mim e a você. Vamos receber a Jesus agora mesmo em nossa vida?

Vamos convidá-Lo a morar em nosso coração? Pode ser que Ele passe hoje e nunca mais teremos outra oportunidade. Não vamos deixar nossa decisão para amanhã. Façamo-la hoje mesmo. “Se ouvirdes hoje a Sua voz, não endureçais os vossos corações.”


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

O homem que procura Jesus Reviewed by Aldenir Araujo on 3/05/2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.