A Vinda de Jesus é Real

Textos: Lucas 17.34-36 e Mateus 24.40-42

Introdução – Muito se fala em Jesus, como aquele que morreu na cruz em nosso lugar, que perdoa pecados, que nos dá a vida eterna. Fala-se também que devemos nos preparar para ir morar nos céus, enfim, falamos sobre Cristo, mas deixamos a impressão de que tudo será daqui a um bom tempo, nada é para agora, tudo virá um dia ainda muito distante. Será?

1 – A VINDA DE JESUS É REAL. ELE VIRÁ, MAS NEM TODOS IRÃO COM ELE.
1.1 – Ninguém sabe a hora – Ninguém sabe qual será o momento da vinda de Jesus Cristo, ou seja, o momento em que vamos nos encontrar com Ele.

a) Não temos controle sobre a morte – Não há nenhum ser humano que tenha controle sobre a hora da sua morte. Quantos saem para passear e não voltam mais, dormem e não amanhecem, vão para o hospital e não retornam? Esta é uma realidade que todos nós convivemos com ela, independente de idade, sexo, religião, raça, posição social ou qualquer outro aspecto. A morte iguala a todos. Por isso não podemos saber qual o momento exato que vamos ao encontro de Jesus. Não podemos prever o dia, mas podemos escolher a forma como vamos estar em Sua presença.

b) Sua vinda é um mistério – Em Mateus 24.36, o próprio Jesus afirma: “Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai”. Se soubéssemos, viveríamos uma vida desregrada, de qualquer maneira, fazendo tudo o que desagrada a Deus e um pouquinho antes de Sua volta, dobraríamos os nossos joelhos e pediríamos perdão, não por arrependimento, mas para poder ser salvo, o que não adiantaria de nada. Por este motivo, ninguém sabe a hora da Sua volta e assim devemos viver com o desejo de fazer o que agrada a Deus. Você tem vivido assim?
1.2 – Nem todos vão se encontrar com Deus – Tem muita gente que pensa porque Deus é “bonzinho”, vai perdoar todo mundo e que todos vão passar a eternidade ao lado d’Ele. Que engano das trevas. Deus realmente é amor, mas também é justiça. Ele não pode igualar os que entregaram suas vidas a Ele conscientemente e que mortificaram sua carne procurando viver sem pecado, com àqueles que viveram como queriam, sem se importar com o amanhã. Por isso, mesmo vivendo e trabalhando lado a lado, Deus olhará individualmente para cada um, não vai importar ligações familiares, carteirinha de igreja, religião, penitência, etc. Deus irá olhar para o coração. E muitos corações não estarão prontos.

2 - A ESCOLHA É INDIVIDUAL
2.1 – Deus não tem parentela, nem todos são filhos – Muitos acham que porque alguém da família é cristão, a salvação de toda ela está garantida. E muitos acham que todos são filhos de Deus. Porém, não é o que a Bíblia diz em João 1.12: “Mas a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome”. Este texto deixa claro que só quem crê em Seu nome, isto é, acredita que Ele morreu na cruz em nosso lugar, que só Ele pode nos levar a Deus e mais ninguém ou nada, que só Ele deve ser invocado e só a Ele devemos pedir ajuda e render nossa adoração, que devemos seguir o que Ele nos ensina em Sua Palavra; a estes é dado o poder de serem seus filhos e as demais pessoas, são criaturas de Deus. Ele as ama, a tal ponto, que enviou Seu filho, Jesus, para morrer por elas, mesmo que elas não aceitem este sacrifício.
2.2 - Quem quer seguir a Jesus, deve romper com o passado – Há um relato na Bíblia (Rute 1.12-16) em que a sogra chama suas noras, que eram irmãs e viúvas de dois irmãos e as manda voltar para casa dos pais. Isto implicava em que elas voltassem aos costumes e crenças da família. Uma delas voltou, a outra não, esta era Rute. Ela declarou que o Deus de Noemi (o Deus Verdadeiro) era também o seu Deus. Seguir a Cristo implica muitas vezes em romper com costumes e conceitos familiares, inclusive nas questões religiosas. É difícil, mas vale à pena se quisermos estar prontos para nos encontrar com Deus.

3 - E VOCÊ? ESTÁ SE PREPARANDO PARA SE ENCONTRAR COM DEUS OU NÃO?
Esta é uma pergunta que só você pode responder. Como falamos, é uma questão de escolha, você é quem tem que decidir se tornar um (a) filho (a) de Deus. Ninguém pode tomar esta decisão por você. Porém o próprio Jesus disse: ...”Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida, ninguém vem ao Pai, se não for por Mim” (João 14.6).

Conclusão - Por qual caminho você tem seguido para se encontrar com Deus? Tome agora a decisão de seguir verdadeiramente ao único que pode te conduzir até Ele! Se você já tem Jesus como Senhor e Salvador, também é hora de avaliação: como eu tenho seguido a Jesus? Como Ele quer ou do meu jeito? Nosso jeito normalmente nos distancia de Deus em vez de nos aproximar d’Ele. É tempo de decisão e ajustes. Ore agora e coloque a sua vida diante de Deus, arrependa-se e passe a ter certeza da salvação.

Prs Everton e Zenilda


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A Vinda de Jesus é Real Reviewed by Aldenir Araujo on 3/11/2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.