Uma multidão de coração e alma

Texto: Atos 4:32 

“E era um o coração e a alma da multidão dos que criam, e ninguém dizia que coisa alguma do que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhe eram comuns”.

Verdade Central: Devemos aprender como funciona o evangelho puro, nele temos a ação de Deus, era desta forma que a Igreja de Atos vivia.

1. Introdução
- Uma coisa que me incomoda muito no meu chamado é ver como muitos estão diante da mensagem do evangelho, principalmente nestes dias.
- A igreja do início de Atos nos ensina como ser decididos em Cristo. E qual a razão de falar sobre isso?
- Hoje o evangelho puro, genuíno, simples misturou-se, tornou-se genérico, ou seja, pode ter o gosto parecido, ter o efeito que precisamos, mas não é o original, não tem a marca do seu legítimo dono. 
- Falando sobre isso Deus nos levará a profundidade da sua aliança com a igreja, através da mensagem que transforma e faz o seu povo triunfar diante dos inimigos da cruz.

2. Como funciona o evangelho puro.

-  O texto que lemos e que desejo frisar é “um povo de coração e alma”
2.1. - Coração – é um dos temas mais comentados na Bíblia.
- Quando a mensagem do coração é citada na Bíblia ela esta sempre associada com: interior da pessoa, profundo do ser, âmago da conduta, mudança sem volta, reflexão verdadeira.
- Tanto que na tradução hebraica a palavra quer dizer Leb “sentimentos mais profundos” É no coração que cultivamos o amor verdadeiro.
Assim quem deseja ser um cristão autêntico necessita exercer o amor da seguinte forma:
a. amar à Deus acima de tudo – conforme Deut. 6:5 b. amar ao seu próximo como a ti mesmo. O cerne da questão é que “No coração do homem é que reside o princípio e o fim de tudo".
2.2. - Alma – fala do intelecto, vontade, querer, da aparência, da conduta exterior.
- Para a igreja de Atos a vida cristã genuína tinha que ter na sua conduta a presença destes valores e princípios bíblicos, ter um coração e alma numa só atitude.
- Para a igreja coração e alma andando de uma só maneira era a condição do chamado. A igreja foi chamada para fora, para ser luz, sal, fazer a diferença. Este era o modo de viver o evangelho puro.

3. Uma igreja de impacto.

- O testemunho exterior da igreja era respaldado pelo interior da seguinte forma: falava cumpria, amor com atitude, orava de verdade, abandonavam as práticas do mundo, tinha vida reta e decidida.

Há 4 coisas que deteriora o evangelho simples:
3.1. - Humanismo: o homem como centro de tudo (racionalizar), falsos ensinos (Deus é você mesmo), quebra de princípios eternos; os fins justificam os meios.
3.2. - Liberalismo: tudo pode, não há regras, deveres é opcional;
3.3. - Egocentrismo: o egoísmo é uma doença da alma, seu potencial destrutivo é que contamina e espalha como um vírus.
3.4. - Materialismo: a matéria é mais importante que a consciência. Viva o momento o amanhã ainda não existe.
- Estas coisas entraram na Igreja para enfraquecê-la e a deixar inoperante.
- Os pastores são guardiões da verdade, os líderes são responsáveis por reter a sã doutrina.
- Na época de Atos o povo via os apóstolos como cobertura, referência e temor. Mas para isso os líderes também tomavam alguns cuidados, eles não tinham más conversações. Eram firmes na fé e no trato da palavra.
- A igreja que luta e anda com Deus tendo líderes modelos alcança territórios com maior facilidade e rapidez.

4. Coração e alma para gerar milagres.

- Será pode acontecer hoje o que lemos em Atos? Será que existe apóstolos também como era naquela época?
- O inimigo implantou na igreja formas de parar a unção de milagres e temos que resgatar isso.
4.1. - Síndrome de Caim.
- Sistema que se instalou para matar pastor, o espírito que agiu em Caim, entrou na igreja para parar o líder que é o símbolo da adoração. Abel morreu porque estava adorando a Deus verdadeiramente.
4.2. - Síndrome de Ananias.
- Começa com um investimento pesado no engano, a sua base e apoio é a ilusão e a mentira se torna prática de vida.
4.3. - Desonra no sacerdócio.
- Sacerdotes da desonra desviam o povo do milagre e das promessas. Inventam sacrifícios que justamente desagradam a Deus.
- Mas somos a geração que Deus levantou como uma mensagem decisiva. Somos a geração que se levanta e nunca vai desistir.
- Usaremos o coração transformado e uma alma tratada para gerar um modelo de igreja na vontade do Eterno.
- Hoje é a oportunidade de viver algo extraordinário. O que esta para vir é maior do que passamos até agora.
- Apesar de toda perseguição e luta a igreja de nossos pais apostólicos era uma igreja resolvida, vibrante e marcada por milagres.
- Eles viviam para Deus na dependência do seu milagre, mas tinha um coração e alma voltados para isso.

Um povo de coração e alma única, tratada, curada para o chamado realizará coisas incríveis. Amém...

Ap. David Rosa Filho


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Uma multidão de coração e alma Reviewed by Esboços de sermões on 2/05/2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.