Bartimeu, o cego de Jericó

Texto: Marcos 10:46-52

Introdução: Vemos neste texto a história de um homem que pela fé, apesar de todas as situações contrárias, recebeu a sua cura e salvação.

1) Seu estado natural: era cego, necessitado e pobre – (v. 46).

2) Sua certeza: Jesus pode ajudar – (v.47).

3) Sua atitude: clamou ao Senhor – (v.47).

4) Sua perseverança: continuou gritando até ser atendido – (v.48)

5) Sua aceitação (foi aceito): o Senhor chamou-o – (v. 49).

6) Sua cura: o Senhor abriu-lhe os olhos – (v.52).

7) Sua entrega total: seguiu a Jesus – (v.52).

Conclusão: Bem-aventurado o cego que vem a Jesus, para que possa ver.

Vide: Apocalipse 3: 17-18 – “Pois dizes: estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma, e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu”.

“Aconselho que de mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres, vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não sejas manifesta a vergonha da tua nudez, e colírio para ungires os olhos, a fim que vejas”.

Bartimeu, o cego de Jericó Reviewed by Aldenir Araujo on 10:18 PM Rating: 5

Nenhum comentário:

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2015
Powered By Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.