A necessidade de termos uma visão de Deus

Texto: Isaias 6:1-8

Introdução: Partindo do pressuposto de que realmente somos vocacionados por Deus, para tarefas específicas na Sua Causa, desejo fazer algumas colocações sobre a nossa mais urgente necessidade!
Todos estamos por demais Informados de que o mundo em que vivemos, passa por profundas transformações provocadas pelo progresso científico, tecnológico e humanístico.

Reconhecemos também, que uma das nossas grandes necessidades é de um preparo experiencial , reflexivo, profundo, sólido, amplo e abrangente, a fim de que, através do nosso envolvimento na dinâmica da Causa de Deus, possamos proporcionar contribuições significativas para o mundo em que vivemos.
Todavia, há uma necessidade que na minha percepção, considero a mais urgente dos vocacionados por Deus:

A necessidade de termos uma visão de Deus! No sentido de uma confrontação existencial com o próprio Deus, que venha marcar profundamente nossas vidas!

Portanto, uma visão de Deus é a nossa mais urgente necessidade.

I. Uma visão de Deus nos conduz a termos uma visão de nós mesmos. V. 5a

Analisando a experiência de Isaias, aprendemos que a visão de Deus trouxe-lhe,
a. Uma visão mais profunda de si mesmo Viu-se como estava: "estou perdido".
b. Viu também porque estava naquela condição: "porque sou um homem de lábios impuros..."
c. É possível que ele não se percebesse desta maneira, antes da sua experiência com Deus.

Isaías-Jeová é salvação- era nobre, profeta estadista, conselheiro real, e conselheiro político, de origem sacerdotal e parente da realeza. Profetizou durante quatro reinados. Era dotado de excepcional eloquência e discernimento profético - percebam o perfil do homem e sua transformação.
Uma visão de Deus provocará em nós o mesmo que provocou em Isaias.
a. Destrói nossos mecanismos de auto proteção, levando-nos a uma real confrontação com a nossa própria realidade interior, com a nossa natureza total e levando-nos para o desejo do apóstolo Paulo: "O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo". ( I Tes. 5:23).
b. Impulsiona-nos a uma auto-análise de nossa vida cristã e de nossa identificação com a Causa para a qual fomos chamados.

II. Uma visão de Deus nos leva a uma visão do contexto em que vivemos. V. 5h

Interessante, é que no Reino de Deus as coisas seguem um encadeamento lógico!
a. Só depois de uma visão de Deus, de nos mesmos é que teremos condições de ter uma visão do mundo em que vivemos.
b. Isto implica que, como chamados por Deus, jamais nos sensibilizaremos com os problemas que afligem o mundo, enquanto, não vivenciarmos a experiência de uma visão de Deus. Só depois da renovação, do encontro pessoal. (Romanos 12:1-2), esta realidade permeia tanto o Antigo quanto o Novo Testamento. (II Cor. 5:19-20)
Apesar de todos os seus progressos, nosso mundo sofre terrivelmente e necessitamos da visão de Deus para sentirmos o sofrimento e chorarmos com os que choram. "Bem-aventurados os que choram, por que serão consolados". (Mt. 5:4)..
a. Angústia Existencial - preocupação profunda com a descoberta de valores que permitam viver, uma vida satisfatória, realizadora e significativa.
b. Ansiedade - reação básica do ser humano a um perigo que ameaça a sua existência, ou um valor que ele identificou com a sua existência.
A medicina afirma que a ansiedade é hoje o denominador comum psicológico das doenças psicossomáticas.
c. Vazio _ Yung, famoso psiquiatra suíço, autor da teoria de personalidade, chamada Teoria Analítica, afirmou que a "neurose central do nosso tempo é o vazio".
d. Solidão - Segundo Kierkgnard, as pessoas fazem tudo que é possível em matéria de diversão e de empreendimentos atordoantes, para afastar a idéia de solidão. "toda a historia do homem é um esforço para destruir a solidão".

Pela atuação maléfica do poder das trevas - Satanás - não podemos esquecer a afirmação do apóstolo João: "Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno". (I João 5:19).
a. Conduzindo os homens ao ocultismo e todas as suas ramificações. Com falsas interpretações e adaptações da palavra de Deus, falsos mestres, as escrituras nos advertem: At. 15:24; Rm. 2: 17-24; I Tm. 16:7; II Tm. 4:3.
b. Conduzindo os homens a violência, a maldade e ao desrespeito ao ser humano. Ha um livro, "A Violência no Mundo Atual", onde o autor fez uma abordagem sobre a violência no mundo, desde as violências brutais até a Narco-análise, que consiste numa forma especial de interrogatório, sob a ação de uma substancia hipnótica (vulgarmente chamada de "soro da verdade") que, injetada em dose" calculadora por via endovenosa, favorece a revelação de atitudes ou conteúdos mentais, que o individuo, quando em estado de consciência clara, mantém ocultos, intencional ou inconscientemente. "
c. Conduzindo os homens a uma depravação total, com ênfase na permissividade sexual e nas perversões sexuais (Rm. 1:18?27).

Pelo doloroso drama do vazio de Deus na existência humana.
a. O homem foi criado de tal maneira que não pode prescindir a realidade de Deus em sua vida (Gn. 1:26). O homem é criatura, possui a imagem de Deus, é chamado para ser semelhante ao Senhor.
b. Mas na ânsia de preencher o vazio de Deus, o homem procura fugir para outras compensações, filosofias, religiões, ideologias e sensações de prazer! E fica vagando, peregrinando. (Agostinho)

III. Uma visão de Deus produz em nós transformações marcantes, V. 6-7

Às vezes, essas transformações são realizadas através de processos penosos, mas, amor, paciência, perseverança; a espera é o método de Deus.
a. Uma brasa viva foi tocada nos lábios de Isaias, como símbolo de purificação.
b. Depois disto ele estaria em condições de ser usado nas mãos de Deus.

Quando temos uma visão de Deus, O Senhor realiza em nós transformações profundas,
Porque ele toca aquilo que mais protegemos, como orgulho, auto-estima exacerbada, "amor próprio", etc.
Noutras vezes ele toca as nossas atitudes de rejeição às pessoas, de egoísmo, manipulação, etc. (Gen. 32:24-31)
Reconhecemos que o método de Deus é penoso, mas é necessário para o nosso ajustamento interior e para sermos usados em suas mãos. Irmãos estamos desenvolvendo a semelhança, que tem a ver com a essência de Deus em nós.

IV. Uma visão de Deus nos leva a uma entrega incondicional para o seu serviço, V. 8

A experiência que Isaías teve com Deus o levou a uma incondicional entrega para o serviço de Sua Causa
a. Colocando-se a si mesmo incondicionalmente diante de Deus; "Eis me aqui".
b. Dispondo-se sem reservas nas mãos de Deus: "Envia-me a mim".
A experiência de uma visão de Deus perderá o seu significado, caso nos leve a uma atitude apenas contemplativa, (Mt 17:1?4; 14?15)
a.
Ao contrário, ela nos deve levar a uma tomada de consciência da nossa realidade interior. Quem sou eu? Como estou?
b. Da realidade contextual em que estamos inseridos. Com quem estou vivendo? Como estou vivendo?
c. De um envolvimento no plano de Deus, que deseja que todos sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. (I Tim. 2:1-7)

Conclusão:

Que o Espírito Santo nos conscientize desta urgente necessidade, a fim de experimentarmos os seus resultados em nossas vidas e nas tarefas específicas para as quais fomos vocacionados por Deus.


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A necessidade de termos uma visão de Deus Reviewed by Aldenir Araujo on 2/06/2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.