Esboço de sermão: O jardim

Texto: Gênesis 2:7-8 - Formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente. E plantou o SENHOR Deus um jardim no Éden, do lado oriental; e pôs ali o homem que tinha formado”.


(Gn. 2:21-24) - “Então o SENHOR Deus fez cair um sono pesado sobre Adão, e este adormeceu; e tomou uma das suas costelas, e cerrou a carne em seu lugar E da costela que o SENHOR Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão. E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada. Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne”.


Primeiro Princípio
– É o da criação que se renova a cada dia… A cada dia no mundo novas famílias nascem.
-= Em toda parte do planeta chamada terra homens e mulheres se encontram, para juntos formarem suas famílias.

 
Segundo Princípio
– Deve-se ter a liberdade com compromisso de fidelidade a Deus A mesma liberdade dada por Deus ao primeiro casal, é concedida de igual forma a todas as famílias espalhadas na face da terra.

1. Plantado Por Deus

-= (Gn 2:8) O Jardim do Éden não foi plantado por mãos humanas; a Bíblia afirma claramente que“plantou o Senhor Deus um Jardim”.
-= Deus fez tudo conforme Ele queria, de acordo com a Sua vontade e o Seu propósito.
-= O ETERNO NAMORADO FOI ESCOLHIDO POR DEUS ATRAVÉS DE SUAS ORAÇÕES. A SEMENTE FOI PLANTADA EM CADA CORAÇÃO.

2. Um Lugar Agradável

-= (Gn 2:8) O lugar escolhido por Deus para plantar este Jardim chamava-se Éden, uma palavra hebraica que significa “agradável”, ou “prazer”. Deus criou um Jardim perfeito, onde Ele poderia passar momentos agradáveis juntamente com o homem que criara.
-= O profeta Isaías indica que naquele Jardim havia“regozijo e alegria, … ações de graça e som de música” (Is 51:3).
-= O ETERNO NAMORADO TEM QUE TER PRAZER EM ESTAR AO LADO UM DO OUTRO

3. Um Jardim Atraente

(Gn 2:9) O Jardim do Éden deve ter sido, sem sombra de dúvida, um lugar extremamente belo. Não simplesmente um lugar agradável, onde o espírito encontrava prazer (como vimos acima), mas também um lugar onde os olhos se enchiam com as belezas físicas ali expostas. Deus, o sábio Criador, plantou árvores, e eram árvores agradáveis à vista. Aquele Jardim manifestava o poder e a perfeição do Seu Criador.
-= O QUE ATRAI A ATENÇÃO DE UM PARA O OUTRO.

4. Um Lugar Onde Havia Alimento

-= (Gn 2:9) - O Jardim do Éden não satisfazia apenas aos olhos; também fornecia alimento abundante e variado, com toda sorte de árvore boa para alimento.
-= NEM SÓ DE BEIJO E ABRAÇO VIVE UM ETERNO NAMORADO

5. No Meio, A Árvore da Vida

-= (Gn 2:9) Quando Eva tentou descrever o Jardim do Éden, ela disse que a árvore que estava no meio do Jardim era a árvore do conhecimento do bem e do mal (Gn 3:2-3).
-= Parece que tanto esta, quanto a árvore da vida, estavam na região central do Jardim. Mas repare que para Eva a árvore central, a mais importante, era a árvore proibida; para Deus, porém, a árvore que estava no centro do Jardim era a árvore da vida (Gn 2:9), uma figura muito clara daquele que nos dá a vida eterna, o Senhor Jesus.
-= JESUS TEM QUE ESTAR NO MEIO DA VIDA DO ETERNO NAMORADO

6. Um Lugar Elevado

-= (Gn 2:10) Percebemos que este Jardim era mais alto do que as terras ao seu redor, pelo fato de que o rio saia do Jardim e fluía para as terras ao redor.
-= É um fato comprovado que a água, em seu estado líquido, quando não impelida por uma força externa, corre sempre do lugar mais alto para o mais baixo.
-= Como este rio nascia no Éden, e dali saia para outras terras, fica bem claro que o Jardim estava num local elevado.
-= O ETERNO NAMORADO SEMPRE DEVE SONHAR EM CONQUISTAS JUNTOS

7. Regado Por Um Rio

-= (Gn 2:10) O Jardim do Éden não era árido ou estéril, como já temos visto; era um lugar onde cresciam toda sorte de árvores; um Jardim cheio de vida, exuberante e atraente.
-= Mas, de onde vinha a vida deste Jardim? Em parte, da neblina que regava toda a terra (Gn 2:6), mas principalmente do rio que saia do Éden.
-= O ETERNO NAMORADO BUSCA RENOVAR O SEU AMOR PELO OUTRO FAZENDO MANUTENÇÃO

 
Terceiro Princípio
– Restauração do Paraíso Familiar Amados, preste atenção no que quero dizer-lhes:
“A família de Hoje precisa fazer constantemente a manutenção de seu Jardim, procurando ter uma consciência pura, afastando-se diariamente da sedução do pecado, para não ser achado em falta por Deus”.

8. Influenciava a Outros

-= (Gn 2:10) Aquele rio não permanecia só no Jardim do Éden; ele se dividia e atingia outras terras também (Havilá, Cuxe, Assíria), permitindo que elas fossem beneficiadas pela vida que havia nele. Um rio, pela sua própria natureza, não consegue ficar parado, mas avança sempre.

 
-= Você se lembra daquela profecia impressionante, registrada em Ezequiel 47? Um rio que, quanto mais se afastava do santuário, e quanto mais se aproximava do mar Morto, mais profundo ficava; e o homem que guiava Ezequiel lhe disse: “tudo viverá por onde quer que passe este rio” (9).

 
Pr.Anderson Brito Couto

Esboço de sermão: O jardim Reviewed by Esboços de sermões on 8:50 AM Rating: 5

Nenhum comentário:

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2015
Powered By Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.