Três componentes principais de um sólido sermão

O meu público é tão importante para o coração de Deus, que Ele enviou Seu único filho Jesus para morrer na cruz por sua redenção.

Há certos elementos que devem ser incluídos em cada sermão antes de pregar. Eles não são negociáveis. Para colocar de outra forma, cada sermão que pregamos tem três componentes principais...

O componente Deus

O "componente Deus" é o que diferencia pregar de outros tipos de falar em público. Somos porta-vozes de Deus. Nós pregamos a Sua palavra, não a nossa. E ao consideramos o papel de Deus no sermão, temos de fazer algumas perguntas pertinentes:

  • Eu já reconheci que Deus é a autoridade final sobre o significado de sua palavra?
  • Já consultei com o Autor da palavra em oração?
  • Já confiei os resultados de minha pregação ao Espírito que se move entre o seu povo?
  • Fiz Jesus, o personagem central do sermão?

O componente comunicador

O componente tem a ver comigo, o pregador. Eu preciso fazer algumas perguntas importantes sobre o meu papel na experiência da pregação:

  • Eu vivo e tenho encarnado a palavra em minha vida? Ou seja, tenho sido a encarnação da mensagem que espero transmitir no domingo a noite?
  • Posso honestamente dizer que eu passei o tempo suficiente de preparação, de modo que minha mente, coração, alma e estão todos imersos no texto e seu significado?
  • Estou humilhado pelo peso da responsabilidade de ser porta-voz de Deus às pessoas cujas vidas e eternidades estão na balança?
  • Eu tenho sido a mesma pessoa em casa e na minha vida privada e nos meus relacionamentos diversos que eu planejo estar no púlpito quando eu estou ensinando?
  • Estou em oração?
  • Estou empolgado?

O componente público

O último componente tem a ver com as pessoas a quem eu estou pregando. Minha audiência importa.

Soa bem, anunciar que a pregação deve ser centrada em Deus não centrada no homem. O fato é que o próprio Jesus não seria bem recebido ou aceito por alguns hoje, no mundo da pregação, porque ele não seria considerado bíblico o suficiente. Jesus pregou para as necessidades e os corações dos seres humanos com problemas.

Temos muitos argumentos em torno da questão de saber se devemos ou não pregar para as necessidades sentidas da sociedade. O problema com esses argumentos é muitas vezes que há uma falha em entender que as necessidades sentidas são as reais necessidades que se fazem sentir. E Jesus falou a essas necessidades.

O meu público é tão importante para o coração de Deus, que Ele enviou Seu único filho Jesus para morrer na cruz por sua redenção. Eu preciso considerar as suas necessidades, se espero agradar o autor da palavra. Sua intenção para a sua mensagem é que ele convence, converte e muda a vida de seus ouvintes.

Eu preciso fazer algumas perguntas sobre o meu público, enquanto eu estou preparando a mensagem:

  • Já passei algum tempo com as pessoas, conheço suas mágoas, hábitos e necessidades? Eu sei o que é ser humano, errar e estar às vezes confuso diante de um Deus santo?
  • Todo texto tem não somente um princípio primário, mas uma implicação para a vida quotidiana dos seres humanos. Eu já mergulhei no texto profundo o suficiente, não só para descobrir o que ele diz a respeito de Deus, mas também as implicações práticas para a vida das pessoas?
  • Eu já preparei não apenas uma explicação do significado do texto, mas também, pelo menos uma, se não várias chamadas para a ação?
  • Estou disposto e pronto para fazer as pessoas a mudar suas vidas inteiramente com base no que eu vou dizer? E eu vou fazer isso com a autoridade que Deus concedeu a mim, e a humildade que está chamando deve gerar em mim?

Pr. Aldenir Araújo

 

A obra integral que Jesus realiza

Quatro advertências dignas de serem observadas

Ladrão de corações

Música - Uma expressão de adoração

Como andar no Espírito?

Influência contra a influenza

Livrando-se do sentimento de culpa

Servindo no Reino de Deus

Jesus nunca falha

Erro de cálculo

O Líder Cristão

A mulher do fluxo de sangue

O que daremos ao Senhor?

Quando a "teologia" fica no caminho

Aos Santos em Cristo Jesus

A futilidade de fugir de Deus

Você não é um zumbi


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Três componentes principais de um sólido sermão Reviewed by Aldenir Araujo on 11/12/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.