Motivação na Mordomia

Texto: Atos 4.32-37

Texto para memorizar: “Da multidão dos que creram, uma era a mente e um o coração. Ninguém considerava unicamente sua coisa alguma que possuísse, mas compartilhavam tudo o que tinham” Atos 4.32
Introdução: A doutrina da mordomia é bela, bíblica, é edificante, e faz parte da vida cristã. De uma maneira singela e devocional, vamos falar um pouco sobre alguns motivos que devem nos levar à prática do dízimo e da contribuição.
1 – Gratidão
– É necessário ter um coração agradecido a Deus (Sl 103.3; 116.12; 126.3; Lc 17.11-19)
– Gratidão à igreja, aos pastores, aos líderes (Gl 6.9; 1 Ts 5.12)
– Essa gratidão envolve a entrega de amor, relacionamentos, dons, talentos, influência, bens
– “Morri na cruz por ti, que fazes tu por mim?” Quando olhamos a cruz, nos sentimos constrangidos a entregar tudo em gratidão por tudo o que Ele tem feito. O dízimo e as ofertas não são obrigatórios, forçados; elas nascem como fruto de um coração agradecido (2 Co 9.6-7).
2 – Visão
– A visão é de Jesus (Jo 4.35; Mt 9.36)
– O mundo nos mostra homens de visão. Grandes empresários montaram suas empresas com visão
– As igrejas e ministérios demonstram visão pelas várias áreas em que atuam: células, encontros, louvor, missões, assistência social...
– A visão desperta em nós desprendimento, a alegria da contribuição. Só quem tem uma visão ampla contribui com generosidade. Por isso precisamos pedir a Deus que abra os nossos olhos e quebrante os nossos corações

3 – Fidelidade
– Deus é um Deus fiel. “Tu és fiel, Senhor”. Será que temos sido fiéis da mesma forma como Deus é fiel a nós?
– Na maioria da vezes as pessoas com os menores rendimentos, na casa do Senhor, são as que são mais fiéis. Por que será? (Mt 6.24).
– Levitas, líderes de células, líderes de ministérios, empresários, profissionais liberais, estudantes, idosos, jovens têm sido fiéis na contribuição? “Sê fiel”, disse Jesus (Ap 2.10)
4 – Anulação do devorador
– O inimigo é o que rouba (Jo 10.10)
– O inimigo também acusa (Ap 12.9-10; Jó 1)
– Creio que, quando um cristão é infiel nas contribuições, o inimigo toma isto como um argumento e vai a Deus dizer: Veja só o que aquele seu filho está fazendo com o Seu dinheiro! Sabemos que tudo pertence a Deus (Sl 24.1)
– No reino espiritual precisamos tapar a boca de satanás, e só podemos fazer isto, através da fidelidade, que é marca de um povo santo diante do Senhor
– Deus promete que vai repreender o devorador para que ele não destrua o fruto da terra (Ml 3.8-12)
5 – Criar condições para maiores bênçãos
– Quanto mais o homem dá (semeia), mais ele recebe (colhe) – veja os princípios: (Pv 11.24-26; Lc 6.38; 2Co 9.1-10)
– Não devemos contribuir na forma de um negócio com Deus. Quantos estão contribuindo com a intenção de serem abençoados! Não deve ser essa a motivação do coração
– Todavia, sabemos que Deus é fiel e não deixará de abençoar aqueles que são fiéis: “porque fostes fiel no pouco, sobre o muito te colocarei” (Mt 25.21)
Conclusão: Chegou o tempo da decisão que está escrita em Mt 6.24 que diz: “Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro (Mamon)”.

 

Estudo transcrito e adaptado do Pr. Messias Anacleto Rosa


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Motivação na Mordomia Reviewed by Aldenir Araujo on 11/14/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.