A suficiência de Cristo

Texto: "...RESPONDEU-LHE JESUS: EU SOU O CAMINHO, A VERDADE, E A VIDA; NINGUÉM VEM AO PAI SENÃO POR MIM." (João, 14.6)

 

Introdução: A pior coisa que pode acontecer na vida é descobrir que parte dela foi perdida por causa de equívocos cometidos. Andar com Jesus, seguir constantemente seus passos, fazer parte de uma igreja cristã e agradá-lo com o nosso bom comportamento pode ter muito mais a ver com mera aparência do que com a real cumplicidade.

Ter nascido numa família cristã não faz de ninguém um cristão. Admirar Jesus a ponto de venerá-Lo não é o que faz o verdadeiro adorador. Podemos chegar a formar um fã-clube em Seu nome e, mesmo assim, não ser reconhecido por Ele, como Seus servos.

A forma como nos relacionamos com as suas palavras e a sua influência na direção e remodelação do nosso caráter são as chaves para o perfeito relacionamento com Ele. "EU SOU O CAMINHO, A VERDADE, E A VIDA; NINGUÉM VEM AO PAI SENÃO POR MIM". O entendimento correto e norteador destas palavras, bem como o seu reflexo em nossa alma, desarmando-a e convertendo-a, determinam diante de Deus e dos homens que tipo de cristãos somos.

 

Cristo é o caminho. Ele não está se referindo a uma forma de comportamento, resultante de regras eclesiásticas recheadas de cargas religiosas ritualísticas, sob as quais, pesadamente, muitas pessoas caminham a fim de agradar determinada igreja, sob o pretexto de agradá-lO. Não! Essas coisas, em si, só levam ao engodo da aparência e à insatisfação cristã pessoal e à crise! Ele está dizendo que é a estrada para Deus, o Pai. Como poderia dizer: "EU SOU A PONTE, A PORTA OU A BRECHA QUE LEVA A DEUS". É o mesmo que, inversamente, dizer: "SEM DISPOR DE MIM, COMO CAMINHO, PONTE, PORTA OU BRECHA... NÃO HÁ COMO ALGUÉM CHEGAR AO DEUS QUE INTERMÉDIO."

 

Cristo é a verdade.  Ele está dizendo que é a única resposta, a verdade absoluta que põe fim a inquietude da alma humana, não à curiosidade intelectual do ser humano, como querem alguns. Só Ele é capaz de, pela sua luz, relevar o sentido divino da nossa existência. É exatamente isso o que Ele está dizendo: "EU SOU A VERDADE QUE CALA, SOU A RESPOSTA FINAL". Só Jesus nos aquieta diante das incertezas que não param, pois é a verdade da fé, inacessível à sabedoria humana, que satisfaz completa e definitivamente!

 

Cristo é a vida. Por mais fragilizada que esteja a vida, quando temos Jesus - a vida, somos espiritualmente intocáveis. Podem até nos roubar o fôlego da vida terrena, mas é d'Ele a garantia de uma vida eterna que põe fim às nossas dores, todas. Assim, pela suficiência de Cristo, não há necessidade nem sentido algum acreditar em outra opção para a vida eterna. Em Cristo, inexiste dívida contra nós, não há carma e nem se faz necessário a reencarnação - ELE É A VIDA, NÃO A RE-VIDA. A salvação, segundo Ele, é pela fé na obra d'Ele, não nas obras que possamos fazer... Ele nos ensinou que obras são conseqüência, não o meio para salvação.

 

Conclusão: "EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA". A pior coisa que pode acontecer na vida é descobrir que parte dela foi perdida por causa de equívocos cometidos. O que afinal somos nós? Cristãos? A solução está somente em Jesus! Através de Jesus chegamos ao céu, conquistado pela sua graça, e a vida eterna, descomplicada!

 

Adaptação de um estudo do Rev. Ricardo Vasconcellos


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A suficiência de Cristo Reviewed by Aldenir Araujo on 11/08/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.