Um coração de conquistador – Parte I

"Farei uma aliança entre mim e ti e te multiplicarei extraordinariamente... Far-te-ei fecundo extraordinariamente e de ti farei nações e reis (príncipes, conquistadores) sairão de ti."

O coração de conquistador é o de um homem que tem projetos de vida, que decidiu viver os sonhos de um líder que está acima dele. O coração de um conquistador é submisso a uma autoridade, para que não seja encaminhado pelo seu próprio desejo, pelo seu próprio coração, sentimento, pelas noções básicas da sua própria alma. Ele é alguém que reconhece e respeita a liderança. Ele sabe que há homens chamados por Deus, formados debaixo deste caráter e destes encaminhamentos para darem direções àqueles que se submetem a esses projetos de vida.


Abraão é um líder de coração conquistador, mas tinha um líder que o ensinava como caminhar, um líder de aliança que o ajudava a manter os níveis dos projetos colocados no seu coração, que o comprometia com alianças a cada passo da caminhada.
Se você quer ter um coração conquistador, precisa ser uma pessoa com o coração e caráter de alianças, sabendo que tem alguém ministrando sobre você. Temos vários níveis de liderança, que nos próximos dois anos serão líderes de uma grande multidão.


O coração do líder é aquele que se submete para ter liderados submetidos, que obedece para ter liderados obedientes. Abraão se submetia ao conselho do seu Senhor e por isso personificou a expressão "homem de fé", porque se submetia a um conselho sobrenatural. Se quisermos conquistar no reino físico, vamos ter que assimilar os conselhos sobrenaturais.
Abraão se tornou um líder exemplar e a Bíblia diz em Gálatas três que a mesma semente de Abraão, por causa de Jesus, está dentro de nós. É uma semente de fé e de encorajamento, é sobrenatural e incorruptível (1Pe 1:23). Não é uma semente humana, é divina, que está dentro de nós para assimilarmos as coisas divinas e trazermos para este espaço físico as coisas divinas.


Abraão conquistou a terra física, porque soube trazer a terra espiritual. Isto significa que a oração de Jesus não vai ficar sem resposta: "Venha a nós o Teu Reino, seja feita a Tua vontade assim na Terra como no céu", porque Jesus tinha o coração de um conquistador, que vive empenhado em trazer esta dimensão sobrenatural para o natural.


Como conquistar integralmente?


Medindo a terra - Existe uma ordem específica de Deus para Abraão, para este medir a terra por largura e comprimento (Gn. 13:17-18). Medir a terra na largura e comprimento é:

 

1) Uma ordem de Deus; não é um desejo dos sentimentos humanos. Não foi Abraão que decidiu medir a terra. Ele não tinha esse entendimento, que não é natural, é sobrenatural.

 

2) Um desafio ao trabalho. Isto significa somar esforços e ter muito trabalho. Meça a terra até o tamanho que você puder.
Largura e comprimento são duas dimensões que falam de uma conquista completa. É ocupar exatamente o território que Deus nos deu. Se nós temos a mentalidade de que seremos enviados às nações, não podemos ficar pensando somente no Brasil. Somos representantes legais do céu no mundo, para irmos às nações fazendo discípulos (Mc. 16:15).
Você alcança a amplitude disso, de que você pode ser alguém que Deus vai enviar pelo mundo para pregar o Evangelho e fazer discípulos? Prepare seu passaporte, adquirira-o, porque em breve você poderá estar levando a Palavra da Boa Notícia e conquistando a terra por largura e comprimento. Imagine-se em Bogotá, em Jerusalém... Para ganhar as nações, basta crer e fazer uma pequena coisa que o próprio Deus disse no Salmo oito:
“Pede-me, e eu te darei as nações por herança, e as extremidades da terra por possessão" (Salmo 2:8).


Nosso problema é a incredulidade e o medo de pedir; de nos comprometermos com o que pedimos e nos frustrarmos. Comprometa-se, libere a palavra, sele-a no reino do espírito. Faça o que diz o salmo 2:8 sabendo que será desafiado ao trabalho. Você terá muitas células, ultrapassará os alvos; o Reino de Deus será instalado através de você, mas você terá trabalho. Você é líder de multidões. Isto é utopia? Deus disse coisas "utópicas" que hoje são realidades, mas, quem realizou essas utopias não foi apenas Deus, foram homens corajosos que ousaram conquistar e falaram exatamente o que Deus fala e fizeram o que Deus mandou.


Largura e comprimento - Esta expressão resume tudo para um líder conquistador. Ele tem que entender qual é o espaço da sua tenda e até onde quer conquistar. Largura e comprimento falam de uma conquista integral. Não conquiste a Terra pela metade, faça-o integralmente. Seu coração de conquistador deve saber que nada lhe é demasiadamente difícil, nem é impossível. Para que se torne claro isto, saiba que só conquista aquele que:


1) É livre. Não tem como avançar se existem pendências que lhe amarram. Algumas pessoas se sentem como se suas mãos não estivessem preparadas para abençoar e seus pés não estivessem prontos para correr levando o evangelho. Existem ataduras nessas pessoas. É preciso detectar e resolver o problema, para receberem uma mentalidade de homens e mulheres livres. Alguns estão livres, mas ainda têm uma mente presa. Estes têm que admitir que seus pés estão velozes e suas mãos, adestradas.

 

2) Nasceu de novo. Quem passou pelo novo nascimento não vive só para ocupar espaço. Veio para conquistar tudo o que Deus lhe colocou nas mãos. A Bíblia diz que, se nascemos de novo, somos embaixadores da parte de Cristo (2Cor. 5:17-20). Se não tivermos esta consciência, ficaremos sentados nos bancos da igreja.

 

3) Fixa no coração a terra que vai conquistar. Abraão tinha a promessa de Deus que Canaã, uma terra estrangeira, seria dele. Ele saiu de uma para outra nação com a mentalidade preparada para conquista-la e não para ser escravo. Deus nos dará esta mentalidade de homens livres chamados por Ele para conquistarmos territórios dentro das nações e fundarmos a embaixada espiritual naquele espaço físico.

 

4) Rompe com as velhas estruturas. Estas estruturas estão relacionadas a três níveis:

› familiar/pessoal;

› social/humanista;

› cultural/pagã.
Abraão teve que fazer uma opção familiar, social e cultural. Hoje, uma das coisas que mais atrapalham as pessoas, impedindo-as que venham a Jesus, é a questão cultural romana. Estas pessoas estão presas à religião.


Rompa com as velhas estruturas e assuma a mentalidade livre de quem nasceu de novo. O coração conquistador proclama dia e noite aquilo que Deus imprimiu no seu coração. Quando a realização de uma conquista entra no nosso coração e é verdade para nós, ficamos obstinados até que se cumpra. Fale da terra e veja-a conquistada dentro do espaço sobrenatural, até que venha para o mundo físico. Você será conhecido como um homem, uma mulher de coração conquistador e todos verão o resultado na sua vida.

“O coração conquistador proclama dia e noite aquilo que Deus imprimiu no seu coração”.

Ap. Renê Terra Nova


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Um coração de conquistador – Parte I Reviewed by Aldenir Araujo on 9/05/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.