Um chamado que surpreende

Texto: Mc 2:13-17 - Textos Complementares: I Sm 16:7 / Mc 2:17


Versículo para memorizar: “Jesus ouviu a pergunta e disse aos professores da Lei: Os que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes. Eu vim para chamar os pecadores e não os bons.” (Mc 2:17)


Introdução – O chamado de Levi, cobrador de impostos, para ser um seguidor do Mestre, trouxe grande espanto ao povo de sua região. Falar sobre isso é importante na medida em que vemos pessoas nos dias de hoje recusando o convite celestial, por se acharem indignas de tal privilégio. Queremos nos alegrar com a graça divina que chama um pecador ao arrependimento, para fazer dele uma nova pessoa, em cujo coração arderá a chama das Verdades do Reino de Deus.

1 - Chamando um “Pecador”

- A primeira coisa que fazia do chamado de Levi algo surpreendente, era que não estava sendo chamado um conhecedor das Escrituras, ou alguém de boa reputação na comunidade. Muito pelo contrário, Jesus estava convidando para estar ao Seu lado um homem cuja profissão era odiada pelos judeus. Levi tinha função de cobrar impostos de seu povo para entregá-los ao romanos. Muitas vezes, esse trabalho era feito de forma desonesta, cobrando-se mais do que era justo. As pessoas, em geral, não concebiam a idéia de que Jesus pudesse escolher para Si uma pessoa com esse perfil, tendo tantas outras aparentemente mais “dignas”. Não sabemos se é assim que você se sente quando ouve falar que Jesus o está chamando para ser um discípulo Seu. É possível que, diante da consciência de coisas erradas cometidas no passado, ou de alguma situação irregular no presente, você se veja impossibilitado de aceitar o convite divino. Mas saiba que, assim como se deu com Levi, pode acontecer com você. Jesus não olhou para aquele homem como sendo apenas cobrador de impostos. Algo mais profundo não pôde ocultar dos olhos sensíveis do Mestre. Seu coração foi sondado e, em pouco tempo, invadido pelo amor transformador de Deus.Tudo isso aconteceu porque o Senhor não vê como vê o homem; este vê o exterior, mas Deus vê o coração (I Sm 16:7) Levi, apesar de ser um pecador, possuía um coração sedento por uma experiência profunda com Jesus. Quando chamado, logo se levantou e o seguiu. Isso é o que Deus espera de cada um que recebe um chamado tão glorioso assim.

2- Chamando sem Hora Marcada

- Levi foi chamado num dia normal de trabalho, como outro qualquer. A hora, a menos provável: enquanto trabalhava. Assim como na experiência de Levi, muitos homens de Deus no passado foram recrutados em meio à lida diária. Como exemplo, temos Moisés, que recebeu a visão da sarça ardente enquanto apascentava o rebanho de seu sogro. Com isso, estamos dizendo que Deus pode nos chamar para servi-lO em qualquer momento de nossa vida. Sem hora marcada pelo homem, mas pontualmente, segundo o relógio do Alto.
Nem sempre entendemos a maneira simples e imprevisível d'Ele agir. Nem precisamos tentar compreender a razão da nossa escolha. Precisamos mesmo é ter a disponibilidade para atender, sem questionamentos.

3- Chamando seus Amigos Pecadores

- Percebemos que ao chamar Levi para uma nova relação de discipulado, Jesus, indiretamente, estava atraindo a todos os amigos dele. Quem seriam eles? Pessoas que trabalhavam na mesma profissão, igualmente discriminadas pela sociedade.
Os amigos do empresário são outros empresários; do comerciante, outros comerciantes; do médico, outros médicos. Jesus quer alcançar todas as classes sociais, todos os tipos de pessoas, e em todos os lugares. Para isso vai utilizar-se de instrumentos como você e eu.
Levi, ao se converter, não rompeu os laços de amizade com os descrentes; antes, os aproveitou para levá-los a Jesus.
Quando o Salmo 1 nos fala sobre a importância de não andar no conselho dos ímpios, nem se deter no caminho dos pecadores, nem se assentar na roda dos escarnecedores, apenas quer nos advertir quanto ao perigo das más influências sobre a vida de um cristão. Por outro lado, Jesus, sem se deixar influenciar, foi chamado de “amigo dos pecadores”, por estar constantemente entre eles. Sua presença no meio daquelas pessoas era como a de um médico entre os doentes (Mc 2:17). Onde houvesse alguém necessitado, ali Ele estaria para fazer a Sua parte.


Conclusão- O chamado de Jesus a Levi, surpreendeu as pessoas que não conseguiam ver o que estava em seu interior. Jesus viu um coração aberto e disponível para Deus, cuja transformação impactou seus amigos íntimos. Eles se aproximaram de Jesus, e nunca mais foram os mesmos.


Aplicação – Ouça o chamado de Cristo no seu interior! O chamado é para uma entrega, sem reservas de todo coração. Nesta semana, convide um amigo para participar com você de uma célula ou de uma celebração na igreja. Lá ele terá a mesma oportunidade de conhecer ao Senhor e receber uma nova vida, assim como aconteceu com você.


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Um chamado que surpreende Reviewed by Aldenir Araujo on 8/15/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.