Dia dos pais

Introdução:

1. Observando atentamente nosso calendário, notamos que ele possui grande número de dias especiais, como o dia do engenheiro, da secretária, do enfermeiro, do aviador, do motorista, do trabalho, do professor, das mães, etc.

2. Quando alguns desses dias se projetaram sobremaneira, alguém se lembrou de que haviam olvidado os pais, não lhe dedicando uma data especial.

3. Se havia o "Dia das Mães", nada mais justo que houvesse também um dia para honrar os pais.

4. Em 1910 ele foi celebrado pela primeira vez, provavelmente por sugestão da Sra. John Bruce Dodd, de Spokane, Washington.

I. Desde os tempos primitivos tem-se reconhecido o dever de honrar os pais.

A. Os gregos honravam a Zeus, a quem se atribuía a paternidade dos deuses e dos homens, e levavam-lhe dádivas ao altar.

1. Posteriormente designaram um dia para oferecer presentes a todos os pais.

2. Por gerações, os chineses visitavam o sepulcro de seus antepassados duas vezes ao ano, na primavera e no outono; depois estabeleceram uma celebração a seus próprios pais, dando-lhes presentes.

B. É aprazível o costume de ofertar cartões e dádivas a nossos pais neste dia do ano.

1. Muito mais importante, porém, é que os honremos cada dia de nossa vida.

2. Podemos fazê-lo de inúmeras maneiras.

a. Diz o apóstolo Paulo: "Honra a teu pai e tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa" Efésios 6:2.

b. Os filhos podem honrar seus pais tratando-os com respeito.

c. Sim, eles devem honrá-los devido a idade superior que seus pais possuem.

d. Esses anos vividos, fazem com que eles possuam conhecimentos superiores.

3. Existem várias maneiras de se demonstrar respeito pelos pais.

a. Prontidão para conceder-lhes o melhor lugar à mesa ou no sofá.

b. Prontidão para conceder-lhes a melhor cadeira.

c. Ficar em silêncio quando eles estão falando.

d. Usar um tom de voz que demonstre respeito quando estamos conversando com eles.

4. A palavra de Deus afirma:

a. "Os olhos que zombam do pai... corvos do ribeiro os arrancarão e os filhotes da águia os comerão" Prov. 30:17.

b. Esta é uma das terríveis consequências para aqueles que não respeitam seus pais e zombam deles.

5. Os filhos podem honrar seus pais demonstrando-lhes gratidão.

a. Oh, como os filhos devem obrigações a seus pais!

b. Quando criança, eram inteiramente dependentes, não podiam caminhar nem falar, e não fosse o cuidado dos pais, teriam perecido.

c. Esse amoroso cuidado dos pais por eles, não cessou de repente.

d. Oh, como eles precisaram vigiar, e livrá-los dos perigos do caminho!

e. E quando estavam doentes, oh, como eles ficaram cansados por atendê-los dia e noite!

f. O pai também precisa sair de casa, muitas vezes doente enfrentando chuva e frio para trabalhar para que possa prover abrigo, roupas, alimento e educação para os filhos.

g. Portanto, queridos jovens, concedamos ao nosso pai o devido valor que ele possui.

6. Os filhos podem honrar seus pais sendo obedientes!

a. Este é o ponto enfatizado por Paulo em Efésios 6:1-4.

b. Não há nenhum outro meio pelo qual os filhos podem melhor recompensar seus pais pelas lutas que eles enfrentam para mantê-los do que a obediência.

c. A obediência é a mais bela flor que pode desabrochar no jardim do caráter de um filho.

7. Os filhos podem honrar seus pais sendo úteis para eles.

a. Existem pequenos serviços que desde a infância, os filhos podem prestar a seus pais.

b. Eles não deveriam ficar tristes ou com ódio quando são mandados a fazer uma tarefa qualquer ao redor da casa.

c. Infelizmente, existem alguns filhos que pensam somente no que podem obter de seus pais, sem importar-se se eles podem ou não conceder-lhes o que desejam.

d. Os filhos que desejam honrar seus pais jamais pensarão em explorá-los, mas sim em ajudá-los para que possam livrá-los de gastos ou trabalhos desnecessários.

8. Os filhos podem honrar seus pais confiando neles.

a. Pais e filhos devem ser amigos, e não há nada que fortaleça mais a amizade do que a confiança.

b. Os pais devem saber tudo o que os filhos fazem, e é um grave erro esconder alguma coisa deles.

c. Se os filhos desejam fazer alguma coisa, é muito bom que peçam conselho e consentimento de seus pais.

d. Jamais devem os filhos fazer alguma coisa que não gostassem que seus pais vissem ou soubessem.

e. Se cometerem algum erro, devem procurar seus pais, falar-lhes francamente e pedir-lhes perdão.

f. Jovem, não abrigue em seu coração nenhum segredo, nenhum artifício, nenhuma desconfiança para com seu pai.

g. Jovens que tentam enganar seus pais estão formando um tipo de caráter dos mais detestáveis.

h. Um dia, todos o tratarão com desconfiança.

9. Os filhos podem honrar seus pais dando atenção às suas instruções.

a. Devem aproveitar todas as vantagens da provisão que seus pais têm feito para sua educação, mas o dever deles não termina aí.

b. Precisam estar sempre prontos a ouvirem seus pais quando estes lhes falam, especialmente sobre assuntos sérios.

c. Não deveriam deixar de ouvir quando seus pais lhes falam a respeito das atitudes que devem cultivar, das tentações que devem evitar, das companhias que devem ter, dos livros que devem ler.

d. Devem estar sempre prontos a ouvir quando seus pais os instruem para serem respeitosos, verazes, honestos, amáveis, e acima de tudo submissos ao Pai celestial.

II. Mas, para que os filhos honrem os pais, é necessário que estes tenham um procedimento digno de honra e os ensine a honrá-los.

A. Como esperar que o filho honre um pai que negligencia o sustento de sua família?

1. Como honrar um pai bêbado que chegando em casa bate na esposa?

2. Como honrar um pai desonesto, briguento e imoral?

3. Os pais devem conscientizar-se que este título é sobremodo honroso, porém ele acarreta grandes deveres e responsabilidades.

4. É responsabilidade do pai, ser o sacerdote da família.

5. As obrigações do trabalho podem fazer com que isto seja difícil, ou mesmo impossível, mas ele deve esforçar-se para que o lar não seja destituído de uma atmosfera espiritual.

B. O pai representa o que costumamos chamar de virtudes austeras, como coragem, energia, honestidade e autoridade.

1. Isto não quer dizer que ele não tenha bondade, paciência, ternura, e amor.

2. O pai está ausente de casa quase o dia inteiro.

a. Quando chega em casa ele quer descansar e relaxar, e assim deveria fazer.

b. Mas pode descansar passando algum tempo com seus filhos.

c. Pode pedir-lhes que contem suas experiências do dia na escola ou nas brincadeiras.

d. Pode interessar-se em seus passatempos e recreações.

e. Pode gastar um pouco de tempo brincando com eles, mesmo que seja só um pouquinho.

f. Deste modo vai tornar-se um companheiro para eles, um confidente, e estará dando-lhes um exemplo desejável a ser seguido.

III. Tanto os pais como os filhos têm um maravilho exemplo na vida familiar de Jesus.

A. Sim, Jesus deixou-nos o mais belo exemplo de respeito e honra aos pais.

1. Durante a Sua infância e juventude, foi sujeito às suas ordens.

2. Falando a respeito do menino Jesus, Lucas diz o seguinte:

a. "E desceu com eles, e foi para Nazaré, e era-lhes sujeito" (Luc. 2:51).

3. Esta é uma declaração espantosa.

a. Não existe discussão, implicância ou bajulação de Seus pais para deixá-Lo ficar no templo.

b. A forma do verbo grego usado por Lucas, indica que Jesus era habitualmente obediente.

4. Durante 18 anos Ele ajudou no sustento da família, trabalhando com as mãos como carpinteiro.

B. José e Maria eram pessoas simples, genuínas e piedosas, que observavam seus deveres religiosos cuidadosamente (Luc. 2:21-24).

1. Maria não era obrigada por lei ir anualmente a Jerusalém para a Páscoa, mas o fazia.

2. O crescimento em sabedoria por parte de Jesus, descrito em Luc. 2:50 e 52 era, sem dúvida, um reflexo de Seu relacionamento íntimo com pais piedosos.

3. Sua surpreendente compreensão da Lei mencionada em Luc. 2:4 indica, pelo menos em parte, o alcance dos ensinos recebidos de Sua mãe.

4. Lemos em Marc. 6:3 que José Lhe ensinou o ofício de carpinteiro.

5. Embora as Escrituras pouco nos revelem sobre a vida de Jesus nos 18 anos seguintes à Sua visita a Jerusalém, aos 12 anos, sabemos que Ele manteve Seu amor e respeito por Seus pais.

Conclusão:

1. Irmãos, vivemos num tempo em que o respeito aos pais é considerado antiquado e desnecessário.

2. Porém, as crianças e jovens que dirigem aos pais palavras rudes e grosseiras se encheriam de terror se pudessem ver o registro escrito nos livros do Céu.

3. É certo que há pais descrentes que exigem dos filhos coisas contrárias aos mandamentos de Deus, e nesses casos os filhos devem obedecer a Deus.

4. Mas mediante a oração esses pais talvez reconheçam seus erros.

5. Acima de tudo, devemos lembrar que, mostrando gratidão e respeito a nossos pais, honramos nosso Pai celestial.

6. Sim, o Dia dos Pais assume um significado especial ao pensarmos neles em relação com o nosso Pai celestial.

7. "Vêde quão grande amor nos tem concedido o Pai" (I Jo. 3:1), exclamou João ao pensar no Calvário e nas maravilhosas providências do plano da salvação.

8. É um privilégio honrar nossos pais terrestres.

9. Muito maior privilégio, no entanto, é honrar o Pai celeste.

10. Isto devemos fazer, não apenas um dia cada ano, mas todos os dias, vivendo vida obediente, consagrada, moldada segundo a vida de Seu querido Filho Jesus.

 

Pr. Mauro Bueno Direitos Autorais – AP


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Dia dos pais Reviewed by Aldenir Araujo on 8/11/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.