Crises são Oportunidades para Crescimento

Texto: Tiago 1:2-4

Introdução:

Muitas vezes falamos de nossas crises usando outras palavras: prova ou provação, adversidade, dificuldade, aperto, aperreio, aflição, consternação, tormento, sofrimento, tribulação, padecimento, derrota, fracasso e termos semelhantes. 

I. As nossas crises têm origem em fatores bem conhecidos:

1. Decisões erradas que nós mesmos tomamos e que resultam em crises.

2. Decisões erradas de outras pessoas que acabam nos afetando e gerando crises.

3. Enfermidades.

4. Desastres, calamidades, intempéries.

5. Crises de outras pessoas que nos fazem sofrer por solidariedade.

6. Ataques de satanás

II. Como evitar por antecipação que as crises surjam em nossa vida:

1. Pautar nossas decisões pela Palavra de Deus.

2. Administrar nossas economias com sabedoria.

3. Zelar pela nossa saúde: Alimentação adequada, sono suficiente, trabalho e estudo dentro dos limites da resistência física, busca de assistência médica.

4. Manter nossos relacionamentos com humildade, amor, honestidade, verdade.

5. Viver dentro de uma atitude de otimismo e valorização da vida.

III. Como enfrentar as crises que nos sobrevém apesar das precauções que tomamos

1. Não fuja da crise. Encare-a de frente.
Estude-a sob todos os ângulos. Não se deixe tomar pelo desânimo. Nenhuma crise é maior do que o poder de Deus.

2. Leia mais a sua Bíblia e ore mais. Busque a Deus, espere em Deus.
Confie no que a Bíblia diz em 1 Coríntios 10.13: “Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas quando forem tentados, ele mesmo lhes providenciará um escape para que o possam suportar”.

3. Louve a Deus pela vitória que ele vai lhe dar.
Paulo diz: “Em tudo dai graças”. Deus usa nossas crises pessoais para nos mostrar que ele nos ama e nos dá a vitória. Deus não nos manda crises. Tiago diz que Deus a ninguém tenta. Mas as nossas tribulações podem ser usadas pela pedagogia de Deus para nos ensinar verdades que de outra maneira não aprenderíamos. Não somos exortados a dar graças por tudo, mas em tudo. Não posso agradecer a Deus pelo meu pecado, mas posso dar graças pelo perdão. Você não pode dar graças a Deus pelos seus erros que resultaram em crises em sua vida, mas pode agradecer porque a tribulação de hoje pode ser usada por Deus para prepará-lo para as grandes conquistas que virão.

4. Pergunte a Deus como essa crise pode ser abençoadora na vida de outras pessoas.
Primeiro, pelo testemunho da sua confiança em Deus no meio da tribulação. Segundo, pelo aprendizado que o capacitará para ajudar outros para que não venham a cair nessa provação e, se caírem, possa contar com sua ajuda para obterem a vitória.

5. Finalmente, olhe para o futuro.
Encare a Glória com esperança porque a Palavra de Deus diz que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada. Deus não nos permite ser provados na terra para desejarmos o céu, mas é confortador saber que um dia estaremos no lugar onde Deus limpará de nossos olhos toda a lágrima.

Conclusão:

Ao atravessar uma crise, você pode perguntar: “Onde está Deus?” Deus está onde sempre esteve. Veja Isaias 57.15

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Crises são Oportunidades para Crescimento Reviewed by Aldenir Araujo on 6/29/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.