Liberando poder de Deus através de um culto intenso

Texto: Efésios 5:18 - Romanos 12:1

- Nas últimas semanas o Senhor tem nos ensinado a importância real que devemos dar ao sacrifício na adoração, oração, clamor, louvor com intensidade.

 

- O QUE SIGNIFICA INTENSIDADE?

- Grau muito elevado de força, energia, potência, atividade. O maior grau de força expiratória com que um som da fala é proferido.

 

- POR QUE SATANÁS QUER NOS CALAR?

- Satanás sempre se opõe a palavra de Deusque diz que devemos clamar, pedir, louvar, adorar, pois assim a Glória de Deus se manifesta e as cadeias, grilhões, muralhas, etc., caem todas por terra.

- Outro motivo é que o Senhor nos instrui a não nos embriagar com vinho, mas o nosso dever é transbordar no Espírito e a forma bíblica é falando, louvando com salmos.

A INTENSIDADE NA ORAÇÃO, ADORAÇÃO DO CEGO BARTIMEU

- Em Marcos 10:46-49, conta-se a história do cego Bartimeu, um mendigo que chamou a atenção de Jesus devido seu intenso clamor, oração, adoração.

- Diferente dos outros mendigos que viviam assentados junto ao mesmo caminho, Jesus viu nele algumas características que reforçam ainda mais nosso entendimento de que devemos ser mais intensos:

Como Jesus viu o cego Bartimeu?

1) Jesus viu um homem necessitado.

- Havia mais mendigos, mas só Bartimeu se humilhou, clamou, adorou, louvou a Jesus.

- Jesus viu um homem pobre de Espírito, um necessitado que reconhecia sua condição.Não estamos falando de ter ou não muitos recursos financeiros, estamos falando de pessoas que independente da situação financeira, sempre se apresentam ao Senhor como pobres de espírito, ou seja, dependentes do Senhor, e como diz as escrituras, bem aventurados os pobres de espírito, pois verão a Deus.

- Há pessoas que precisam muito do Senhor, mas não se dobram não se humilham, não buscam o Senhor com intensidade, e ao invés disto, criticam, murmuram e até blasfemam contra Deus.

2) Jesus viu no clamor, na oração perseverança.

- Ao invés de apoio, Bartimeu recebeu criticas de pessoas e resistência de satanás.

- Mateus 7:7 Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á.

- Perseverança é demonstrar para Deus o quanto queremos ser tocados por Ele.

3) Jesus viu louvor, adoração em suas palavras.

- Quando disseram ao cego Bartimeu que Jesus, o nazareno estava passando, ele retrucou dizendo:

- Não, esse é Filho de Davi. Em seu clamor havia louvor:

- Jesus, Filho de Davi, Rei do reis, Senhor dos senhor, etc.

- Somos chamados a adorar e adorar é louvar, elogiar nosso Deus.

A INTENSIDADE NA ORAÇÃO, ADORAÇÃO DE PAULO E SILAS

- Atos 16: 22-25 Perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam louvores a Deus, e os outros presos os escutavam.

Como Jesus viu Paulo e Silas?

1) Jesus viu sacrifício de adoração.

- Em Rm:12, somos convocados a oferecer nossa vida como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus.

- Cremos que Paulo e Silas, depois de terem sido açoitados e lançado na prisão, em meio a dores, sofrimento, talvez fome, vergonha, disseram um ao outro:

- Vamos cultuar nosso Deus.

- Vamos apresentar nosso sacrifício de adoração.

- Vamos calar neste momento a boca de satanás?

- E então, começaram a orar, cantar, louvar ao Senhor em voz alta, pois os presos ouviam. Isso sim é sacrifício de adoração.

2) Jesus viu no clamor, na oração perseverança.

- Ainda com dor, sofrimento, etc., cremos que Deus se manifestou depois de terem orado muito, louvado, adorado por um bom tempo.

- A bíblia não relata exatamente quanto tempo, mas podemos observar que Jesus, em seu clamor, suplica no Getsemani, orou mais de uma hora, e foi exatamente uma hora que Jesus pediu para seus discípulos orarem.

- Mas tudo indica, que era tempo demais para eles, pois dormiram. Se Jesus precisou clamar pelo menos uma hora para ouvir a resposta de Deus, certamente, com Paulo e Silas não foi diferente.

3) Jesus viu louvor, adoração em suas palavras.

- Cremos também que Paulo e Silas, no momento da dor, sofrimento, se lembraram da chave do Rei Davi, adoração.

- O vitória do rei Josafá através dos levitas à frente do exército também veio a memória.

- O grito dos hebreus em volta dos muros de Jericó, na vitória de Josué foi certamente motivador.

- Quando então se lembraram das palavras de Jó, que perdeu tudo e ainda declarou:

- “Jó 1:21 e disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu voltarei; o SENHOR o deu e o SENHOR o tomou; bendito seja o nome do SENHOR! “O LOUVOR, ADORAÇÃO neste momento atingiu SEU auge.
Conclusão:

- A manifestação da presença de Deus acontece onde há sacrifício.

- Todos aqueles que atraíram a presença, foram intensos, fervorosos no clamor, adoração, oração, louvor e se destacaram entre muitos.

- Se desejamos mesmo essa Glória que nos satisfaz, como igrejas, precisamos ser mais intensos nos cultos, células, devocional, MDA, discipulado, etc.

 

Compartilhamento:

Compartilhe na célula se você tem conseguido ser mais intenso nos cultos, células, devocionais, reunião de discipulado, etc.

http://www.ibavsa.com/


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Liberando poder de Deus através de um culto intenso Reviewed by Esboços de sermões on 3/02/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.