Tipos de Vestes na Vida do Cristão

introdução:        Falar da importância das vestimentas para certas ocasiões, e mesmo o significado das vestes sacerdotais que apontavam pa...

introdução:

       Falar da importância das vestimentas para certas ocasiões, e mesmo o significado das vestes sacerdotais que apontavam para as coisas espirituais, tudo, até mesmo as cores Deus ordenou para que tivesse sentido espiritual, o peitoral, a mitra, o éfode, etc.

 

Transição:

Conforme o texto as vestes de Arão representavam o sacerdócio eterno de Cristo. Cada elemento das vestes falava de um traço ou característica da qualificação de Jesus para assumir o nosso lugar – o cinto representa o seu zelo; a sobrepeliz e a estola, sua beleza e glória; o peitoral, que nossos nomes estavam escritos no seu coração; o urim e tumim, sua sabedoria para governar; a mitra sua santidade.

 

I – Vestes da Salvação

" Eu me regozijo muito no Senhor; a minha alma se alegra no meu Deus. Pois Ele me cobriu com vestes de salvação, e me envolveu com o manto da retidão, como o noivo que se adorna com um turbante, e como a noiva que se enfeita com suas jóias".   IS. 61.10

       O homem encontrava-se despido na presença de Deus, perdido procurando folhas de figueira para se cobrir, essa nudez não era apenas física, mas também moral e espiritual.
Nestas condições faltava-lhe a alegria, a paz, e distante de Deus, condenado à morte e às trevas vagava procurando algo que pudesse satisfazer e se cobrir.
       Somente vestido de salvação o homem consegue obter alegria e paz para sua alma como certeza de vida eterna, conforme expressão do salmista "...me regozijo...minha alma se alegra... pois me cobriu (vestiu) com vestes de salvação..."
       Muito mais nestes dias o homem necessita destas vestes, o homem do século XXI, do terceiro milênio continua despido, nu como a Igreja apocalíptica de Laodicéia (Apc. 3.17). Achava-se rica e de vestes imponentes, porém o texto diz: "...és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu".
       Aquela Igreja apesar de pronunciar o nome de Deus e professar sua fé Nele, precisava das vestes de Salvação.
       Ainda em Isaías 52.1b diz: 

"... veste-te dos teus vestidos formosos, ó Jerusalém, cidade santa. Nuca mais entrará em ti incircunciso nem imundo"  Isaías 52.1b

ou seja, nunca mais entrarão aqueles cujas vidas estão na perdição.

       Em Rm. 6.23 diz: "Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus". Toda a humanidade necessita das vestes da salvação.
       Sl 132.16 – " Vestirei de salvação seus sacerdotes, e os seus santos exultarão".
       Deus quer vestir-nos com as vestes de salvação, esse foi o simbolismo da morte do cordeiro que o próprio Deus matou para vestir Adão, em Gên. 3.21

"Fez o Senhor Deus de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu".  Gên 3.21

       Mostrando que foi necessário que Jesus, "o cordeiro de Deus", morresse na cruz para que fôssemos vestidos de salvação. Através dele alcançamos perdão para nossos pecados e livre acesso à presença gloriosa de Deus.

II - Vestes da Purificação

"Então respondeu, aos que estavam diante dele, dizendo: Tirai-lhe estas vestes sujas. E a Josué disse: Eis que tenho feito com que passe de ti a tua iniquidade, e te vestirei de vestes finas. E disse eu: ponha-lhe uma mitra limpa sobre a sua cabeça. E puseram uma mitra limpa sobre a sua cabeça, e vestiram-no das roupas; e o Anjo do Senhor estava em pé".  Zc. 3. 4-5

       O pecado sempre foi representado pela sujeira, vestes sujas, etc. Como no caso do sumo sacerdote Josué, suas vestes estavam sujas, símbolo do pecado e o opositor (satanás) já estava pronto para se lhe opor, caso o Anjo do Senhor não interferisse e trocasse-lhe as vestes por vestes limpas, brancas.
       Esta é uma veste que não pode faltar no guarda – roupas do cristão, pois a santidade (pureza) convém aos santos do Senhor
       As vestes da purificação ou santificação são representadas pelo branco ou pelo linho fino

"O que vencer será vestido de vestes brancas. De maneira nenhuma riscarei seu nome do livro da vida, mas confessarei o seu nome diante de meu pai e diante dos seus anjos".  Apc. 3.5

       Ainda em Hb. 13. 12

  "E por isso também Jesus, para santificar o povo pelo seu próprio sangue, padeceu fora da porta".  Hb 13.12

       No mundo de hoje cheio de corrupções, com aumento do pecado, a iniquidade, o amor tem se esfriado e também a pureza e a santificação têm sidos esquecidos nas Igrejas.
       Muitos púlpitos já deixaram de pregar a santificação, dizendo que Deus só quer o coração.
       Ser cristão virou moda e dá status na mídia e muitos artistas se dizem convertidos a Cristo, mas não se vê neles nenhuma mudança ou transformação (muitos continuam na prostituição, posando nus para revistas pornográficas, etc.) , são vidas incompatíveis com o evangelho de Cristo.
       Mensagens que convidam ao pecador a vir como está (cheio de impurezas) e a permanecer como veio, não é o evangelho de purificação e santificação pregado por Jesus que ao absolver a mulher adúltera lhe diz : "... Vá e não peques mais" ( João 8. 11c ), ou seja não se contamine mais, não se suje mais.
       Todos querem um evangelho sem mudanças, sem transformações, sem renúncias, sem santificação, sem compromisso, despreocupado.
       Mas o evangelho de Cristo é um evangelho de impacto, transformação, mudança de vida, desejo de santificação e pureza, um evangelho que convida o pecador a vir como está, mas a não conformar-se com estilo de vida levando a uma mudança completa de atitudes como expressa Paulo em Ef. 4. 28:

"Aquele que furtava, não furte mais, antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o necessitado". Ef 4.28

    Sem esta santificação não se poderá ver ao Senhor, nem entrar em sua presença conforme Heb.12.14
       O salmista recomenda:

" Exaltai ao Senhor nosso Deus, e adorai-o no seu santo monte, pois o Senhor nosso Deus é santo". ( Sl 99.9)

       Paulo a Timóteo diz: " De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para o uso do Senhor, e preparado para toda boa obra".
       Jesus virá buscar uma Igreja pura, santa, posso afirmar que para morar com Jesus na eternidade é necessário Ter e fazer uso das vestes da purificação.
       Peça a Jesus hoje estas vestes, se você as não tem, pois ele derramou seu sangue para te dar vestes limpas de santificação, assim como os anjos vestiram ao sacerdote Josué, Ele quer vestir você, tirando as roupas sujas do pecado e te dando uma nova vida.

III – Vestes da Unção

" Assim tomou Samuel o vaso de azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos, e daquele dia em diante o Espírito do Senhor se apoderou de Davi". I Sm. 16. 13

       Quando leio na Bílbia sobre unção, meu coração palpita mais forte, porque há uma necessidade de estarmos vestidos de unção para atravessarmos o deserto de nossas vidas. A unção foi essencial na vida de Davi, na vida de Elias, Eliseu, enfim de todos os heróis da fé.       O Salmo 133 expressa com clareza essa unção na vida do cristão que começa na cabeça e vai descendo sobre a barba e até a orla das vestes de Arão, uma unção completa.
       Também precisamos nos vestir da unção com o azeite novo do Pentecostes. A unção que vem do Espírito Santo.

" mas vós tendes a unção que vem do santo, e sabeis tudo. E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine."  I João 2.20, 27

        Sem a unção a Igreja para, não cresce, não há frutos, nem manifestações de Deus.
   A unção é necessária para manter o cristão em pé na presença de Deus, para impulsioná-lo a pregar, testemunhar, e ganhar almas para Deus.
Pedro se tornou uma grande benção apenas depois da unção do pentecostes, antes era medroso, covarde, precipitado, mas após a unção se tornou um grande líder e exemplo de fé.
       Jesus sempre ministrou na unção e assoprou sobre os discípulos o hálito do Espírito para que eles pudessem dar continuidade ao seu ministério na mesma unção.
       Nesta noite Deus quer nos vestir de unção, pois as batalhas são tremendas, o inimigo a ser vencido é forte, mas na unção de Deus venceremos os ursos, leões e até mesmo gigantes, como Davi o fez após aquela unção.
     O Senhor quer uma Igreja não apenas vestida de poder e unção, mas também revestida, que significa vestida de novo, duas vezes, porção dobrada, etc.
       Há muitos que estão desistindo da carreira cristã porque estão fracos, abatidos, derrotados, lhes falta a unção.
       Mas aqui agora você tem a oportunidade de se revestir da unção de Deus, pois o Senhor já derramou o seu precioso óleo da unção sobre a igreja (pentecostes), e este óleo derramado continua jorrando sobre a Igreja de hoje, basta você querer, desejar e pedir que ele te dará.

Conclusão:

Recapitular as divisões e aplicar. Desejo que Eclesiastes 9. 8 tenha cumprimento em tuas vidas:

"Em todo tempo sejam alvas as tuas vestes (vestes da purificação), e nunca falte o óleo (vestes da unção) sobre a tua cabeça".  Eclesiastes 9.8


Autor:  Pr Heloizio de Oliveira Santos

Relacionados

Estudo biblico 5933707945921140308

Postar um comentário

emo-but-icon

Mais

Recentes

Comentários

Seguidores

Siga no Facebook

Siga no Google+

item