A arte de derrubar gigantes

Texto base: I Samuel 17
Personagens desta história:
Golias – Era um duelista, um profissional da guerra. Alguém extremamente forte. Sua armadura pesava uns 50 kg; e a ponta de sua lança uns 6 kg. Sua arrogância e desprezo pelos adversários eram marcas pessoais.
Saul – Rei de Israel. Homem que tinha sido ungido por Samuel e vinha caminhando a largos passos em direção a ruína.
Davi – Aquele que podemos definir como “a menina dos olhos de Deus”, foi um dos maiores vultos de todos os tempos. Contribuiu grandemente para a história de Israel, tanto política como espiritual. Pastor, músico, poeta, escritor de salmos, escudeiro, guerreiro valente e rei. Aqui, inicia-se sua vida pública. Não tinha mais do que 20 anos de idade, quando se vê diante de um dos maiores desafios de sua vida, derrubar um gigante!
Você já se deu conta que na vida nós enfrentamos gigantes desde muito cedo? Quem sabe você chegou aqui vivendo situações gigantescas na sua vida? Hoje você aprenderá passos práticos que o ajudarão a ter uma vida vitoriosa.

Bom… vamos examinar o contexto histórico da batalha:

Contexto Histórico:

Inimigos e terríveis adversários  de Israel.
A história das lutas entre Israel e Filisteus.

Pontos a considerar:

 

1. Medo do Gigante.

Algumas considerações sobre gigantes:
a)     Gigantes nos amedrontam e assustam.
b)     Gigantes são fatores que comumente imprimem em nossos corações a fia compreensão de que não passamos de meros gafanhotos.

Obs: Adolescentes muitas vezes são tomados por essa síndrome. Ex: sou feio, desajeitado, etc.

“O medo é o inicio da derrota”. (anônimo)

 

2.    Incredulidade.

“Ora sem fé é impossível agradar a Deus.”
Confrontar: as atitudes dos espias: Josué e Calebe: Eia, subamos em nome do Senhor!!!

 

3.    adiar o inadiável.

Ciclo da desesperança!

Atitudes de Davi:
1-    Coragem e intrepidez.
2-    Assumir a responsabilidade, ou seja, a responsabilidade é minha, não posso transfira-la a outro.
3-    Fé – Deus já tinha estado com ele em situação similares onde fora obrigado a enfrentar inimigos maiores do que ele.
“fé é crer no que não vemos, e a recompensa dessa fé é ver o que cremos.”  Agostinho
4-    Ir contra os gigantes na força do nome de Senhor.
5-    Ouvir a Deus e não gigantes.
6-    Confiança exclusiva no Senhor.
7-    Não ficar no meio do caminho. Correr, pegar da espada e cortar a cabeça do Gigante.

Talvez o seu gigante seja um pecado: Lembre-se corra pegue da espada e corte a cabeça do Gigante.

Autor: Renato Vargens


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A arte de derrubar gigantes Reviewed by Esboços de sermões on 1/30/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.