A Igreja que queremos ser

Introdução

· Quando refletimos sobre o plano do Senhor para a Igreja, o novo Corpo de Cristo gerado no sacrifício da cruz, nós vemos que seu alvo é penetrar neste mundo de trevas e manifestar a luz do reino de Deus.

· Vemos também que a unidade básica do Corpo de Cristo é meio pelo qual ele se expressa e age neste mundo. Esta unidade, também chamada de célula ou grupo caseiro, é uma comunidade formada e batizada pelo Espírito Santo, habitada e guiada por Cristo, que experimenta sua presença e seu poder edificador, e cumpre no mundo seu propósito redentor.

· Vemos que Cristo em nós é o mistério do evangelho! Quando Cristo se manifesta através dos membros da unidade básica, o Evangelho é revelado pela evidência da encarnação, que leva as pessoas a afirmarem: “Deus realmente está entre vocês!” (1 Coríntios 14.25).

· Vemos também que os recursos que fluem de Cristo para nós são administrados pelo Espírito Santo, que nos ensina e capacita para realizarmos a tarefa designada.

· Tendo isto em mente podemos considerar as características da IGREJA QUE QUEREMOS SER.

I- Uma Igreja que vivencia comunhão intensa e contagiante – Atos 2.42-47

A. A comunhão cristã é a nossa participação plena na vida e na pessoa de Cristo.

1. Ela resulta em nossa transformação de acordo com o Seu caráter.

2. Ela se expressa por meio do relacionamento comprometido com os irmãos, por meio do partir do pão, e através da vida de comunidade.

B. Nossa comunhão é sustentada através da perseverança e da oração (42).

1. Ela é o meio pelo qual nos suprimos mutuamente em nossas necessidades (44, 45).

2. É também o canal para liberarmos a manifestação do poder de Deus em nosso meio (43)

C. A gratificação pelo despojamento de interesses pessoais na prática da comunhão cristã, se encontra:

1. Na alegria intensa,

2. Na simplicidade do viver,

3. No louvor rendido ao Senhor, e

4. No impacto que resulta em salvação para outros (46, 47).

Discussão e avaliação em grupos:

1. Como você avalia a nossa igreja em relação à comunhão entre os irmãos?

Reprovada Fraca Boa Forte Excelente

2. De que maneira as células em geral têm contribuído para esta avaliação, e qual tem sido a contribuição da nossa própria célula?

3. Como você avalia o seu desempenho e a sua contribuição pessoal para este resultado?

Reprovado Fraco Bom Forte Excelente

4. O que você está disposto(a) a fazer para melhorar seu desempenho pessoal a fim de contribuir para intensificar a comunhão em nossa célula?

II- Uma Igreja que experimenta crescimento e multiplicação pela Palavra – Atos 6.1-7

A. Há muitas necessidades legítimas que requerem atenção e dedicação da igreja.

1. Ajudar aos pobres e carentes da comunidade é apenas uma delas.

2. A lista pode ser extensa e incluir também a participação nas questões e problemas sociais da cidade.

  1. Por mais que a igreja esteja empenhada em atender às necessidades existentes, nada pode justificar o seu desvio e negligência em relação à sua tarefa principal: a proclamação da Palavra de Deus.

1. É por meio dela que as pessoas são alcançadas e transformadas.

2. Somente assim a sociedade pode ser influenciada e abençoada com a adoção dos princípios do reino de Deus.

  1. A eficiência da igreja na proclamação da Palavra de Deus será o resultado direto do empenho das células para isso.
  2. O desempenho da célula, por sua vez, será o resultado da aplicação e do compromisso pessoal de cada membro em cumprir o seu papel.

Discussão e avaliação em grupos:

1. Como você avalia o desempenho de nossa célula na proclamação da Palavra de Deus? Explique sua escolha.

Estamos totalmente parados

Poucos estão se empenhando

Estamos empenhados, mas há pouco resultado

Empenho satisfatório e crescimento visível

2. Como um membro da célula qual tem sido o seu desempenho pessoal nessa área?

Estou totalmente parado

Empenho-me muito pouco

Estou empenhado, mas há pouco resultado

Empenho satisfatório e crescimento visível

3. Para você pessoalmente, qual tem sido a contribuição da célula para conduzir à prática da Palavra de Deus? O que tem te ajudado mais?

4. O que você pretende fazer de imediato para melhorar seu desempenho pessoal na proclamação da Palavra de Deus?

III- Uma Igreja que promove edificação que gera transformação pessoal – Atos 9.31

A. Com frequência ouvimos pessoas dizendo que a mensagem do pregador foi edificante, que o encontro da célula foi edificante, ou que o seu tempo de prestação de contas foi edificante.

1. O que será que realmente estão querendo comunicar com estas afirmações?

2. Será que estão querendo dizer que não vão mais roubar ao Senhor nos dízimos e ofertas?

3. Será que estão querendo dizer que não vão mais sonegar impostos ou violar as leis de trânsito?

4. Será que estão querendo dizer que não vão mais negligenciar seu compromisso com o Senhor preferindo desfrutar as coisas boas da vida?

5. Ou será que estão afirmando que não mais serão motivo de escândalo para os irmãos por causa dos prazeres que buscam no mundo?

B. No texto de Atos 9.31 lemos que a edificação está relacionada com pelo menos quatro experiências importantes para a igreja:

1. Paz interna e externa.

a. Quando há conflitos externos o avanço da igreja e sua influência na sociedade ficam comprometidos.

b. Com a existência de conflitos internos o testemunho da igreja fica comprometido e a comunhão é bloqueada. (Tiago 4.1-3)

2. Um caminhar em temor diante do Senhor.

a. Esta é a chave para ter sabedoria e equilíbrio na vida pessoal de cada membro da igreja, o que refletirá positivamente na comunidade toda.

b. Sem o temor do Senhor falta coerência na vida dos membros da igreja.

c. Ocorre a duplicidade no viver.

d. Muitos andam vacilando entre dois caminhos.

3. Conforto gerado pelo Espírito Santo.

a. A igreja deve cultivar um ambiente de acolhimento fraternal onde as pessoas se sintam valorizadas e bem recebidas.

b. A igreja também é uma comunidade terapêutica que promove cura e restauração para os feridos.

c. Os relacionamentos devem servir com um balsamo para os que chegam cansados e sobrecarregados.

4. Crescimento numérico sustentado.

a. Um ambiente como o que a igreja deve cultivar atrai as pessoas que estão buscando sentido para suas vidas.

b. Os relacionamentos iniciados e cultivados vão assegurar sua permanência em nosso meio.

c. O evangelismo não é o final de nossa responsabilidade para com aqueles que ainda não conhecem ao Senhor Jesus Cristo. Os frutos alcançados precisam ser cultivados.

d. O resultado do empenho e da dedicação da igreja será o crescimento numérico sustentado.

e. A porta dos fundos é fechada quando a edificação resulta em transformação na vida dos membros da igreja.

C. O que vem a ser realmente a edificação? Quem a realiza e como? Que outros frutos legítimos e duradouros ela produz? Precisamos considerar honestamente estas questões se queremos experimentar uma edificação que gera transformação pessoal.

Conclusão

· Queremos vivenciar a comunhão intensa e contagiante do Corpo de Cristo.

· Queremos ser aperfeiçoados pela Palavra de Deus e experimentar a multiplicação resultante de sua proclamação.

· Queremos experimentar a verdadeira edificação que gera transformação pessoal.

__________________________

De que dispomos para alcançarmos estes objetivos:

· A bênção do Senhor, providenciada em Cristo nas regiões celestiais, que nos proporciona tudo o que necessitamos para avançarmos vitoriosamente.

· Um povo comprometido e disposto a cumprir o propósito de Deus, apesar das limitações e dificuldades que tenha de enfrentar.

· Uma liderança pastoral ungida e capacitada pelo Senhor para conduzir o rebanho que Deus lhe confiou, que se empenha para apresentar cada membro perfeito em Cristo.

 

Clorivaldo M. Mariano


Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!
Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A Igreja que queremos ser Reviewed by Aldenir Araujo on 1/29/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links não serão aprovados!

All Rights Reserved by Esboços de sermões © 2014 - 2016
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.