Deus se lembrou de mim, ele não se esquece de nós!

Texto: Isaias 49:15

* O profeta Zacarias, o penúltimo da história do Antigo Testamento, atua no período pós-cativeiro babilônico.
* Zacarias era contemporâneo de Ageu e de Esdras.
* Zacarias era tanto profeta como também era sacerdote. Era da família de Aarão. Ele profetizou durante o período de 520 a 480 a.C.
* O nome Zacarias significa “Jeová lembra”.
* Zacarias se ocupa com a exortação ao arrependimento afim de que as misericórdias de Deus possam de fato ser concedidas ao povo.
Ao olharmos a realidade daqueles dias na qual o povo de Deus se encontrava naqueles primeiros dias do retorno da Babilônia para Jerusalém, o povo estava diante de quatro questões fundamentais para sua sobrevivência:

Continue ...

Eu quero ser um vaso novo

O profeta Jeremias foi chamado a descer à casa do oleiro para receber uma mensagem de Deus para a nação de Judá (Jr 18.1-6). Ali ele viu o oleiro trabalhando sobre as rodas, moldando o barro e fazendo dele um vaso novo.

O vaso havia se estragado nas mãos, mas em vez do oleiro jogar o vaso fora, fez dele um vaso novo.

Esse episódio encerra algumas preciosas lições:

1. Deus não desiste de você, mesmo quando você falha em cumprir seu propósito (Jr 18.4).

< O oleiro não jogou no lixo o vaso que se lhe havia estragado nas mãos. Ele não o colocou num canto como algo imprestável. Ele não desistiu desse vaso, mas fez dele um vaso novo.

Continue ...

Não Haverá silêncio na sua Volta!

O Senhor sempre se manifestou com intenso barulho entre o povo. Na sua teofania sempre Ele veio com barulho:

Terremoto: (Num.16:31,32)

Vento: (Ez.37:9)

Tempestade: (Sal.29:3)

Na sua volta haverá barulho, da mesma forma haverá barulho:

1) O abalo de Heb.12:26, é a repetição de Ex.19 quando Deus desceu com intensa glória no Sinai. E Deus diz que voltará a abalar a terra. Veja se isso não causará alvoroço e barulho:

Continue ...

Restituindo neste novo ano, valores perdidos na vida espiritual

Texto: Filipenses 3

1 Finalmente, meus irmãos, alegrem-se no Senhor! Escrever-lhes de novo as mesmas coisas não é cansativo para mim e é uma segurança para vocês.

7 Mas o que para mim era lucro, passei a considerar como perda, por causa de Cristo.

8 Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por quem perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar Cristo 9 e ser encontrado nele, não tendo a minha própria justiça que procede da Lei, mas a que vem mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus e se baseia na fé. 10 Quero conhecer Cristo, o poder da sua ressurreição e a participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte 11 para, de alguma forma, alcançar a ressurreição dentre os mortos.

12 Não que eu já tenha obtido tudo isso ou tenha sido aperfeiçoado, mas prossigo para alcançá-lo, pois para isso também fui alcançado por Cristo Jesus.

13 Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, 14 prossigo para o alvo,a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.

Continue ...

O pecado na Bíblia

I- Um dos grandes objetivos da Bíblia é tratar dos fatos da vida humana, estabelecer a sua significação e efeito, e algumas vezes derramar luz sobre a sua causa. No caso do pecado há dois fatos principais:

a) O  homem é pecador;
b) Todos os homens cometem pecado.

Pode, portanto esperar-se que a Bíblia derramará luz sobre o sentido da palavra pecado e sobre seus efeitos; e nos fará conhecer a causa da sua influência universal nos homens e o remédio para esse grande mal.

Continue ...

Dízimos do Senhor

“Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós bênção sem medida.”  Ml 3.10, 11 e 12

O Dízimo foi instituído por Deus aos judeus que viviam sob  o domínio da Lei. É certo que o Senhor Jesus reconhecia a autoridade desta Lei, era judeu e nascido sob a Lei ("Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei," Gl 4.4), com a missão de cumpri-la ("Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir. Porque em verdade vos digo: até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra." Mt 5.17,18). Jesus não determinou de forma direta que o dízimo seria uma obrigação aos participantes da Nova Aliança.

 

Continue ...

Como ser salvo?

1. Humilhado e tremendo, percebe, reconhece e confessa que és um desgraçado pecador (não importam tua religiosidade, posição, boas obras, sinceridade, etc.):

Rom 3:10-12,23; Jer 17:9; Isa 1:5-6; 53:6; 64:6; João 3:3; Tia 2:10; 1João 1:8-10
Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer.    Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus.    Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só.  (Romanos 3:10-12)
Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;  (Romanos 3:23)
Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?  (Jeremias 17:9)
Por que seríeis ainda castigados, se mais vos rebelaríeis? Toda a cabeça está enferma e todo o coração fraco.    Desde a planta do pé até a cabeça não há nele coisa sã, senão feridas, e inchaços, e chagas podres não espremidas, nem ligadas, nem amolecidas com óleo.  (Isaías 1:5-6)

Continue ...

Salvação: certeza e segurança

I. A CERTEZA DA SALVAÇÃO.
O Senhor deseja que seus filhos saibam que são salvos; Ele nos mostra isso através da Sua Palavra (*IJo 5:13). Mas, para abalar o crescimento espiritual dos crentes Satanás lança dúvidas sem fundamento nos seus corações. Um fato a ser considerado seriamente, é o daquela pessoa que professa ser crente mas não demostra evidências de que Cristo transformou sua vida. Provavelmente não é um cristão verdadeiro e, portanto, não é (e nunca foi) salvo (IJo 2:19).
A salvação do crente tem dois tipos de evidências:

Continue ...

Perguntas mais frequentes sobre o Profeta Amós

Por onde devo começar a leitura de Amós?

Muitos especialistas de renome acreditam que, para se captar bem a mensagem de Amós, você deve começar a leitura do seu livro pelas cinco visões simbólicas, narradas em Am 7,1-3; 7,4-6; 7,7-9; 8,1-3 e 9,1-4.
O que significam as "visões simbólicas"?
Estas visões parecem ser sinais que o profeta percebe no cotidiano da vida e simbolizam a situação da nação israelita. Elas vão fazendo nascer em Amós uma conscientização do que está acontecendo e acabam determinando sua decisão de deixar sua casa e seu trabalho e ir anunciar o castigo e a ruína do país. Falando de outro jeito: as visões cumprem, em Amós, o mesmo papel dos textos de vocação em Isaías, Jeremias ou Ezequiel. Amós via, certamente, coisas absolutamente comuns na região, como uma praga de gafanhotos, uma seca, um cesto de frutas maduras e coisas assim. Mas, como ele estava preocupado com o destino do país, "antenado" na situação do povo, estas coisas viravam símbolos do que estava acontecendo ou por acontecer com Israel.

Continue ...

Ele nasceu para morrer por nós

«Ele nasceu para morrer; de forma a que ninguém tenha que morrer, mas possa nascer… e viver a vida eterna e abundante que Ele nos dá.»

1. A CONCEPÇÃO DE JESUS CRISTO
Quando Deus veio à terra, escolheu a via do ventre materno, passando por todas as fases de desenvolvimento da vida intra-uterina até ao nascimento.
É sem dúvida uma das maiores dignificações da vida fetal.

2. O PERÍODO DE GRAVIDEZ
Foi um período muito complicado, com grandes dificuldades.
A gravidez não foi inesperada.
O noivo não era o responsável. Houve o risco sério de ele não entender, nem aceitar e assim deixar a sua noiva.
Na sua cultura e nação, a punição para uma gravidez fora do casamento era o apedrejamento até à morte.

Continue ...

Servo ou religioso?

Nos dias de hoje há muita confusão entre o religioso e o cristão, o discípulo. Precisamos aclarar isto cada vez mais.
I. Introdução
Você já reparou que acostumar-se com algo não exige muito esforço? Repare no fato de alguém entrar em um recinto com um perfume muito doce e forte. Todos irão reparar. Alguns não gostarão, outros até se sentirão mal. Agora se você não pode sair deste local você naturalmente acaba se acostumando com este odor. Seja ele bom ou ruim.
Há um ditado interessante que diz: "o pecado é como o perfume, você acaba se acostumando com ele". Isto é real. Todo o perfume que passamos, tempos depois já estamos de tal forma acostumados com ele que nem notamos a sua presença em nós. Nós nos acostumamos tão facilmente com algo que elas se tornam corriqueiras para nós. Todavia não podemos ter o Senhor com corriqueiro para nós.
O que fez Jesus com os vendilhões do templo? Não estavam os homens daquela época acostumados com eles? Não estavam adaptados àquela situação? Vejamos qual é a posição do Senhor…

Continue ...

Intercessão

O texto de Ezequiel 22:30 diz que Deus buscou entre o povo de Israel um intercessor, alguém que se colocasse na brecha pelo povo frente a Deus; e não encontrou. Os que gostam de mexer com números e estatísticas calcularam que o povo que saiu do Egito durante o êxodo seria perto de um milhão de pessoas (esse cálculo é questionado por vários estudiosos). O texto de Ezequiel foi escrito para relatar um episódio ocorrido mais de novecentos anos depois. É lógico que o número de pessoas novecentos anos depois era bem maior do que o povo do êxodo, e mesmo assim Deus não encontra ninguém que servisse como intercessor.
Vemos que o oração é tarefa de todo cristão (I Tessalonicenses 5:17), mas a intercessão como ministério, não como tarefa, é para poucos.

Continue ...

Tentação

Nos nossos dias, os jovens e mesmo todas as pessoas, principalmente os cristãos são vítimas de tentações. E isto ocorre em qualquer faixa etária, porque tem uma conotação espiritual. Também ocorre em várias áreas das atividades humanas. Geralmente é sorrateira, capciosa e sutil enganando até o crente mais consagrado. A idéia bíblica de tentação tem dois aspectos gerais. Primeiramente pode ser a de testar, pôr uma pessoa à prova, de sujeita-la a um teste, o que pode ser feito com um propósito benevolente de provar ou melhorar a qualidade dessa pessoa. A segunda idéia é de um propósito malicioso de mostrar a fraqueza de alguém ou leva-lo a cair na armadilha de fazer uma má ação. Resumindo, tentar significa "testar", num sentido irrestrito, que pode ser com um bom propósito ou com mau propósito, com boa ou má intenção.
Satanás testa o povo de Deus ao manipular as circunstâncias e situações dentro dos limites permitidos por Deus, na tentativa de faze-lo abandonar a vontade do Senhor.

Continue ...

Os dez mandamentos

O PRIMEIRO MANDAMENTO
Não terás outros deuses diante de mim.
Que significa isto?
Devemos temer, amar e confiar em Deus acima de todas as coisas.

O SEGUNDO MANDAMENTO
Não tomarás em vão o nome do Senhor, teu Deus.
Que significa isto?
Devemos temer e amar a Deus e, portanto, em seu nome não amaldiçoar, jurar, praticar a feitiçaria, mentir ou enganar; mas devemos invocá-lo em todas as necessidades, orar, louvar e agradecer.

Continue ...

A doutrina da Mordomia Cristã

Mordomo quer dizer, literalmente, ecônomo, isto é, aquele que é incumbido da direção da casa, o administrador. É aquela pessoa a quem é entregue tudo quanto o senhor possui para ser cuidado e desenvolvido. Em linguagem bíblica, isto quer dizer que não só terras, dinheiro, jóias e os bens materiais em geral, mas também o cuidado da esposa e dos filhos, enfim a reputação do senhor e até sua própria vida. Daí se depreende o que o Senhor exige de nós quando nos constituiu mordomos. É, portanto, com temor e tremor que devemos assumir nossa responsabilidade mas, de outro lado, com regozijo em nossos corações por ele nos ter dado um lugar de tantas oportunidades para glorificar seu santo nome.

Continue ...

Sobrevivendo às tensões da vida

Na Grécia antiga era costume matar o mensageiro que trazia más notícias. Igualmente tentamos ignorar as tensões que nos sobrevêm. Fato é que não podemos viver sem elas, assim como as más notícias faziam parte da Grécia, ou fazem de qualquer sociedade. Elas fazem parte da nossa vida. A questão não é sofrer ou não sofrer tensões, mas como sobreviver a elas. Refletindo sobre o tema, à luz do verso acima, entendi alguns princípios para sobreviver em meio às tensões:

1ª) Deus nunca nos tensiona além da nossa capacidade de resistência.
Contudo nós é que costumamos nos cobrar até os limites do nosso ativismo e do nosso perfeccionismo. É ai que a corda arrebenta. Deus tentou nos preservar, mas nós nos auto-destruímos. Entenda que você é humano e tem direito a ter limites, caso contrário sucumbirá frente ao esgotamento. Tem direito ao sono, ao descanso, a chorar, a dizer “não”, a desabafar… Use seus direitos ou a corda se romperá.

Continue ...

Oração e poder espiritual

1. É para isto que eu oro, como Ana, a mãe de Samuel: para saber que Deus quebra o arco dos fortes e reveste de força os fracos (“Não há ninguém santo como o Senhor; não há outro além de ti; não há rocha alguma como o nosso Deus. Não falem tão orgulhosamente, nem saia de suas bocas tal arrogância, pois o Senhor é Deus sábio; é ele quem julga os atos dos homens. O arco dos fortes é quebrado, mas os fracos são revestidos de força” — 1Samuel 2.2-4).

2. É por isto que eu oro como Paulo: para entender que Deus “escolheu o que para o mundo é loucura para envergonhar os sábios, e escolheu o que para o mundo é fraqueza para envergonhar o que é forte. Ele escolheu o que para o mundo é insignificante, desprezado e o que nada é para reduzir a nada o que é, a fim de que ninguém se vanglorie diante dele. (1Coríntios 1.27-29)”.Na verdade, [Jesus] foi crucificado em fraqueza, mas vive pelo poder de Deus. Da mesma forma, somos fracos nele, mas, pelo poder de Deus, viveremos com ele para servir” (2Coríntios 13.4). Sim, a “fraqueza de Deus [demonstrada em sua plenitude em Jesus Cristo] é mais forte que a força do homem” (1Coríntios 1.25b).

Continue ...

Jesus, o pastor da ovelhas

- Jesus, o Salvador do mundo, o Filho de Deus, recebe muitos títulos e dentre eles, um dos mais belos e familiares é o de pastor das ovelhas.

- O pastor é aquele que cuida, apascenta, alimenta, protege, disciplina, consola e restaura as ovelhas.

- A ovelha é um animal frágil, inseguro, vulnerável, míope e teimoso.

- A ovelha não pode cuidar de si mesma. Entregue ao seu próprio destino, torna-se presa fácil dos predadores. Caminhando sozinha facilmente cai no abismo e mui raramente consegue reencontrar o caminho de volta para o aprisco.

- Jesus nos é apresentado nas Escrituras como o bom pastor, o grande pastor e o supremo pastor. Como o bom pastor ele deu a sua vida pelas ovelhas; como grande pastor ele vive para as ovelhas e como o supremo pastor ele voltará para as ovelhas.

Continue ...

Jesus, a esperança dos desesperançados

Texto: Marcos 5.21-24 e 35-43

INTRODUÇÃO

- Todo o contexto deste texto mostra que Jesus é a esperança dos desesperançados. O impossível pode acontecer quando Jesus intervém.

Ele acalmou o mar e fez cessar o vento, quando os discípulos estavam quase a perecer (Mc 4.35-41).

Ele libertou um homem enjeitado pela família e pela sociedade de uma legião de demônios e fez dele um missionário (Mc 5.1-20).

Ele curou uma mulher hemorrágica, depois que todos os recursos humanos haviam se esgotado (Mc 5.25-34).

Agora, Jesus ressuscita a filha única de um líder religioso, mostrando que ele também tem poder sobre a morte (Mc 5.35-43).

Continue ...

Porque temos mais visão do que provisão?

Texto: Êxodo 36:1-38

Introdução:

- O ser humano foi criado por Deus debaixo de um decreto de recursos inesgotáveis.

- No plano original de Deus, não faltaria alimento, abrigo, tempo para a família, tempo para descanso, nem mesmo a morte fazia parte deste projeto.

- O Senhor criou o homem para desfrutar de suas delícias aqui na terra. Impressionante observarmos que não precisava alguém ser pobre, para poder ser usado por Deus.

- Assim, Abraão, José, Moisés, Davi, Salomão, Nicodemos, José de Arimatéia, entre outros, seriam homens extremamente usados por Deus e também seriam não só supridos em suas necessidades, mas também prósperos.

- O que há de incomum entre eles é a abnegação, isto é, eles nunca foram donos de nada, entendiam que o que vinha em suas mãos, vinha por um propósito maior do que fazer deles homens abastados.

Continue ...

Amor e convite de Jesus para as crianças

Crianças como flores que desabrocham. E vamos conversar com as crianças, com os educadores e pais sobre Jesus, sobre o seu amor e convite para as crianças.

I: O AMOR DE JESUS PELAS CRIANÇAS.
A) Jesus é amigo das crianças.
a) Jesus abençoa as crianças.
b) Ele quer a sua amizade para com Ele.
B) Pais e professores instrumentos de Jesus para as crianças.
a) Os pais podem ensinar o que é certo e nunca o que e errado para as crianças.
b) Professores sejam felizes e gratos porque o trabalho de vocês e gratificante para a sociedade e você são instrumentos de Deus.
Depois do amor de Jesus, podemos pensar no convite de Cristo para as crianças.

Continue ...

O batismo e a plenitude do Espírito Santo

Você foi criado por Deus, comprado pelo sangue de Jesus, chamado para um propósito e enviado para uma missão, isso só pode ser feito pelo poder do Espírito Santo.
Cada discípulo de Jesus Cristo precisa ter algumas experiências distintas com o Espírito Santo, ser gerado pelo Espírito Santo, ser selado com o Espírito Santo, ser cheio do Espírito, andar no poder do Espírito Santo (Efésios 1:13; 4:30; 5:18; João 3:5-8; 1:35; 3:21-22; 4:1,14).
Precisamos estar abertos à operação do Espírito Santo, e por outro lado, rejeitar o que não vem d’Ele.
Avivamento é Deus descendo e manifestando Sua glória no meio de seu povo, salvando e abençoando milhares de vidas.
O batismo com o Espírito Santo é uma experiência clara, definida e a pessoa sabe se recebeu ou não; a plenitude do Espírito Santo é o resultado do batismo e deve ser algo continuo em nossas vidas.
Você já foi batizado com o Espírito Santo? Você anda na plenitude do Espírito?

Continue ...

O poder criativo de suas palavras

Texto: Tiago 3:2-5

A verdade que é revelada nesses versículos é muito importante; ela nos capacita a enxergar o impacto de nossas palavras sobre o nosso ser como um todo, sobre outras pessoas e situações.
Quantas vezes você disse algo para logo depois se arrepender? Com muita frequência, nossas emoções têm mais controle sobre nossas palavras que a nossa lógica. Nossas palavras também podem ser motivadas por nossa insegurança. Nossas palavras podem ser grandemente influenciadas por nossas amizades. Nossas palavras podem ser controladas por nossa imaginação.
Uma pessoa madura disciplinada é alguém capaz de controlar suas palavras.
Tiago compara o controle adequado da língua com o ato de controlar um cavalo com um “freio”; usa também a metáfora do leme de um navio, para mostrar que a direção é determinada por um pequeno leme que se quer é visto, mas ainda assim, exerce grande influência. Um discípulo de Jesus é alguém que usa as palavras de forma sábia, positiva, criativa, de maneira que edifica as pessoas que ouvem e glorifica a Deus.

Continue ...

A fé vem acompanhada

  1. Existe uma história que fala de um homem que, há anos atrás, empurrava um carrinho de mão equilibrado numa corda esticada sobre o rio Niágara, América do Norte. Milhares de pessoas o aclamavam, enquanto era colocado um saco de areia de 100 quilos sobre o carrinho, que o homem empurrava de um lado para o outro. Em certa ocasião, olhou para a multidão e perguntou: “Quem aí acredita que eu posso carregar um homem neste carrinho?” Todos acreditam! — bradou um espectador da frente da fila muito entusiasmado. E o homem, então, voltou-se para ele, dizendo: — Pois venha você! – E diante disso, o cidadão imediatamente retirou-se, pois não cria de fato. Ele pensava que cria, mas não queria de modo algum dar uma prova de sua crença.
  2. Igualmente acontece com relação a Cristo. Muitos dizem que crêem nele e que o seguem, mas não fazem “entram no carrinho de mão”. Tais pessoas nunca assumiram um compromisso ou se submeteram realmente a Cristo.
Continue ...

Sobre a Ressurreição de Cristo – 8 provas

1. O próprio Jesus testificou de sua iminente ressurreição dos mortos.
Jesus falou abertamente sobre o que lhe aconteceria: crucificação e então ressurreição dos mortos. “O Filho do Homem deve sofrer muitas coisas e ser rejeitado pelos anciãos e principais sacerdotes, e pelos escribas, e ser morto, e depois de três dias ressuscitar” (Marcos 8:31; veja também Mateus 17:22; Lucas 9:22). Aqueles que consideram ser impossível acreditar na ressurreição de Cristo, provavelmente dirão que Jesus estava enganado ou (o mais provável) que a igreja primitiva colocou essas declarações em sua boca para fazê-lo ensinar a falsidade que eles próprios conceberam. Mas aqueles que lêem os Evangelhos e chegam a uma forte convicção de que aquele que fala de forma tão compelida através desses testemunhos não é a invenção de uma imaginação tola, ficarão insatisfeitos com esse esforço em explicar o testemunho próprio de Jesus de sua ressurreição dos mortos.

Continue ...

Você não pode dar o que não tem

Introdução:

- O coração do homem, natureza humana, é impactado de diversas formas pela nossa vida e das pessoas que nos rodeiam.

- O Evangelho de Lucas, afirma que onde está o nosso tesouro, ai está o nosso coração (Lc 12.34).

- O coração é tão importante, que é considerado o lugar de onde saem as emoções, vontades e sentimentos.

- Deus deseja que o amemos de todo o nosso coração, mas como isso é possível?

- Deus deseja também que amemos o próximo como a nós mesmos. Mas, será que conseguimos amar com o nosso coração?

Continue ...

Frutos Dignos de Arrependimento

Texto: Mateus 3:1-12

1 – Pregar no deserto

a) arrependimento – redirecionar os objetivos da nossa vida – para Deus;

b) converter = mudança de mentalidade

c) o reino de Deus está próximo – crentes regenerados

d) o reino de Deus já está em nós (dentro de cada um de nós)

e) o reino de Deus já está instalado. Somos chamados a reinar em Cristo

2 - Devemos preparar o caminho do Senhor

a) veredas = retrato do coração do homem – relação homem – Deus – Homem ; construção de uma estrada

Continue ...

Deus conosco em 2011

“Esqueçam o que se foi; não vivam no passado. Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Vocês não a reconhecem?” Isaias 43.18-19

Introdução: Acredite...

DEUS ESTÁ MAIS INTERESSADO EM SEU FUTURO DO QUE NO SEU PASSADO!

Causas Comuns para nossas Falhas:

- Temos uma avaliação superficial da situação:

“O prudente percebe o perigo e busca refúgio; o inexperiente segue adiante e sofre as consequências” Pv 27.12

- Passamos a maior parte do tempo correndo atrás dos prejuízos do presente e sobra pouco tempo para pensar adiante de nosso tempo.

Continue ...

Desfrutando da cobertura de Deus

Texto: Salmo 91
Introdução: Quando entregamos nossa vida totalmente a Deus, através de Jesus, passamos a viver debaixo de suas asas, ou seja, sob a sua total cobertura. Quem não tem essa cobertura precisa buscá-la, pois uma vida sem a cobertura de Deus estará sendo alvo dos constantes ataques do maligno.
1) O QUE SIGNIFICA ESSA COBERTURA?
● Proteção do Senhor, dos ataques e das setas do inimigo. Sl. 91.3-6
● Livramento diário das tribulações. V.7

Continue ...

A suficiência de Cristo

Texto: "...RESPONDEU-LHE JESUS: EU SOU O CAMINHO, A VERDADE, E A VIDA; NINGUÉM VEM AO PAI SENÃO POR MIM." (João, 14.6)

Introdução: A pior coisa que pode acontecer na vida é descobrir que parte dela foi perdida por causa de equívocos cometidos. Andar com Jesus, seguir constantemente seus passos, fazer parte de uma igreja cristã e agradá-lo com o nosso bom comportamento pode ter muito mais a ver com mera aparência do que com a real cumplicidade.

Ter nascido numa família cristã não faz de ninguém um cristão. Admirar Jesus a ponto de venerá-Lo não é o que faz o verdadeiro adorador. Podemos chegar a formar um fã-clube em Seu nome e, mesmo assim, não ser reconhecido por Ele, como Seus servos.

Continue ...

“…entre vós não seja assim…”

Marcos 10:32-37,41-45

1. Introdução

Estava me lembrando de minha formatura. A formatura é o início de uma nova etapa. Temos sonhos e desejos que queremos realizar profissionalmente. É uma nova fase que estará começando na vida de jovens.

É nesta etapa que o jovem deixa um ambiente seguro, e entra num mercado competitivo. Alias, a competição é a marca registrada da nossa sociedade. Em nosso mundo, aprendemos desde cedo a competir, a querer os melhores lugares, as maiores posições, os melhores salários.

Nesta atmosfera de competição, muitas pessoas ficam ansiosas. Portanto, é sempre bom lembrar do que Jesus diz: “não andeis ansiosos pelo que haveis de vestir ou de comer…”. A ansiedade faz que neste mundo de competição  muitas pessoas sejam atropeladas. Há muitas pessoas que se transformam em pessoas solitárias neste mundo de competição.

Continue ...

Da morte Ele traz vida‏

Texto: Lucas 7.11-17

Refletir sobre o tema “DA MORTE ELE TRAZ VIDA”, me faz lembrar, obrigatoriamente, de um dos grandes poetas brasileiros: João Cabral de Melo Neto. Este pernambucano do Recife, primo de Manoel Bandeira, e Gilberto Freyre escreveu a obra poetizada – Morte e Vida Severina, que apresenta a fuga de um sertanejo da miséria, da fome e da morte.

Um estudioso do texto de João Cabral faz a seguinte análise:”Ao inverter a ordem natural do sintagma “vida e morte”, o poeta registra com precisão a qualidade da vida que seu poema visa a descrever: uma vida a que a morte preside. E ambas, morte e vida, têm por determinante o adjetivo “severina”. É importante acrescentar que, além de descrever uma vida presidida pela morte, o título também demonstra o percurso feito por Severino durante a peça. Sai da morte para alcançar a vida.

Continue ...

Valores que não podem ser esquecidos

Texto Base: Lucas 7

A sociedade moderna busca uma alternativa para atenuar a desigualdade social, fome, violência. Isto porque chagamos ao caos social, urbano e humano. O ser humano se tornou:
Amoral.
Individualista
Irreconciliáveis.
Todas as esferas da relação humana estão deterioradas, inclusive a esfera religiosa (meio evangélico). O que percebemos neste ponto é:
Deus sendo um instrumento para satisfazer nossos deleites.
O crente sendo valorizado pelo que tem e não pelo que é diante de Deus.
A falta de submissão a Deus.
Acredito que o evangelho tem um caminho de vida para a nossa transformação enquanto pessoa, crente e servo diante de Deus. Mas que alternativa é essa?

Continue ...

Chamados para frutificar

Texto Base: João 15:16

As videiras crescem em toda a palestina. Todo o ano, os agricultores podam os ramos para que as arvores produzam frutos de alta qualidade. O ramo que não dá fruto é considerado inútil, e as videiras improdutivas são radicalmente cortadas. Os galhos cortados são destruídos, pois não servem para nada. O AT representa Israel como a videira de Deus. Por isso, ela se tornou um símbolo da nação de Israel. Jesus afirmou que ele era a videira “Verdadeira”, usando a planta e seus ramos como uma analogia para mostrar que o crente deve permanecer (viver) nele. Os ramos não têm nenhuma fonte de vida em si mesmos, mas recebem a vida da videira.Sem ela não pode produzir fruto e não prestam para nada.

Continue ...

Aprendendo de Deus através de Jesus

Texto: João 11.1-46

Introdução
> Se quisermos conhecer como Deus pensa, como Ele age, como Ele reage a todas as circunstâncias, basta olharmos para Jesus Cristo, o Filho de Deus. Jesus é Deus como Deus é, e o homem como deveria ser.

Proposição
(AT) Jesus Cristo é a imagem do Deus invisível (Cl 1.15; Hb 1.3).
(ST) O texto nos mostra algumas lições que podemos aprender de Deus, a partir do que Cristo, que é a sua imagem, nos revelou:

Continue ...

O homem que não deixou morrer os sonhos

Tragédias como a de 11 de setembro de 2001, no World Trade Center, tem a capacidade de exterminar os sonhos das pessoas quanto a um futuro melhor. O texto de Josué 14.6-14 conta a respeito de Calebe, que, a despeito de testemunhar a incredulidade dos seus contemporâneos, como também a morte deles no deserto, não abdicou da capacidade de sonhar, com 85 anos, receber por herança Hebrom, a terra que Deus lhe prometeu. Por que Calebe não abandonou os seus sonhos? Vejamos:

Porque Ele Optou Ouvir a Voz Otimista de Deus e Não a Voz Pessimista dos Homens (v. 6). Enquanto que os dez espias, devido à força dos inimigos moradores de Canaã, disseram que o povo não ia conquistar a terra, Calebe, tinha a plena convicção de que o propósito de Deus para a sua vida era a conquista da terra (v. 6 e 9). “Nunca duvide na escuridão do que Deus disse para você na luz”.

Continue ...

A ignorância evangélica sobre o natal

A ORIGEM DO NATAL
Será o Natal realmente a celebração do nascimento de Jesus Cristo? Nasceu Jesus em 25 de dezembro? Será que os primeiros apóstolos que foram ensinados pessoalmente por Jesus, alguma vez celebraram o nascimento do “menino” Jesus? Será que eles o comemoravam no dia 25 de dezembro? Ou em qualquer outro dia? Se o Natal é uma das maiores festas da cristandade, por que será que os pagãos o celebram também? Você sabe? E os símbolos do natal, você conhece a origem deles? Do “Papai Noel”, da “Árvore”, das “Luzes”, das “Guirlandas”, da troca de “Presentes”? Vamos então aos fatos!

Continue ...

Passos para alcançar o sucesso - parte 2

Texto: "... ; Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância." João 10.10b.
“Uma vida equilibrada consiste em: permitir que Deus seja o primeiro em sua vida, cuidar do seu corpo como templo do Espírito Santo, ter uma família exemplar; engrandecer a obra de Deus, e prover o sustento para sua família”. CCD.
Introdução: Na semana passada estudamos os quatro primeiros passos desse importante estudo sobre o sucesso e a qualidade de vida. O sucesso equivale a metas conquistadas, sonhos realizados, obstáculos vencidos e triunfos aclamados. Tanto o jovem quanto o adulto, e até mesmo a criança, anelam o sucesso. Nem a rejeição, nem a adversidade, nem a oposição familiar, nem a crise social, nem a pressão econômica, são obstáculos para alcançá-los. Os especialistas concordam quanto a oito normas que se constituem nos passos fundamentais para a obtenção do sucesso em todas as áreas da vida.

Continue ...

Passos para alcançar o sucesso - parte 1

Texto: "... ; Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância." João 10.10b.
“Uma vida equilibrada consiste em: permitir que Deus seja o primeiro em sua vida, cuidar do seu corpo como templo do Espírito Santo, ter uma família exemplar; engrandecer a obra de Deus, e prover o sustento para sua família”. CCD.
Introdução: O sucesso equivale a metas conquistadas, sonhos realizados, obstáculos vencidos e triunfos aclamados. Tanto o jovem quanto o adulto, e até mesmo a criança, anelam o sucesso. Nem a rejeição, nem a adversidade, nem a oposição familiar, nem a crise social, nem a pressão econômica, são obstáculos para alcançá-los. Os especialistas concordam quanto a oito normas que se constituem nos passos fundamentais para a obtenção do sucesso em todas as áreas da vida.

Continue ...

A beira do caminho não é o teu lugar

Texto: Marcos 10:46-52

Por que a Beira do Caminho não é o teu, o meu o nosso lugar? Porque esse é o lugar de quem desiste da corrida, dos deficientes espirituais, dos ociosos, dos camelos espirituais, dos que não tem casa, dos quebrados etc. . O Bom Samaritano socorreu alguém que tinha sido assaltado e estava caído a beira do caminho quase morto. O teu lugar é no caminho, e este caminho é Jesus. Quais são as lições que podemos aprender com o encontro do cego de Jericó com Jesus?

I) NOSSA MOTIVAÇÃO PARA SAIRMOS DE ONDE ESTAMOS PARA UM LUGAR MELHOR, DEPENDE DO QUE OUVIMOS. (v.47)

Continue ...

A busca pelo tesouro perdido

Texto: Lucas 15:8-10
A vida do ser humano é marcada pela busca de uma serie de valores sejam eles materiais e espirituais. Sempre estamos tentando encontrar algo que perdemos ou que nunca tivemos, mas gostaríamos de ter.
Esta busca é importante e indispensável para se ter uma vida melhor e mais significativa. A parábola da dracma perdida é um exemplo disso, só que neste caso Jesus revela o quanto devemos valorizar as coisas do Reino de Deus na nossa vida. As dracmas eram joias de ouro dadas pelo pai da moça quando ela se casava, essas joias eram colocadas em uma tiara que a mulher usava na cabeça, isso era algo muito precioso na cultura da época. Nesta sena vamos aprender um pouco sobre o valor que devemos dar ao reino de Deus na nossa vida e como devemos fazer para encontrar o tesouro perdido e a busca de Deus na nossa vida.

Continue ...

Como andar com Jesus

1. Sua Nova Vida:
Texto Básico: Colossenses 3.1-11
Versículo para decorar: “Quando alguém se faz cristão, torna-se uma pessoa totalmente nova por dentro. Já não é mais a mesma. Teve início uma nova vida.”(2Coríntios 5.17) BV.
I. Como você nasceu de novo:
Depois que uma pessoa aceita a Jesus como Salvador, ela percebe que fez a melhor escolha de sua vida. Como foi que aconteceu?
1. A pessoa ouviu. A fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus. Este é o primeiro passo: ouvir. Seja através de uma mensagem lida, de uma pregação pública, por um amigo que lhe falou, ou pela leitura da Palavra de Deus.
Continue ...

Indo além dos limites

O livro de Atos dos Apóstolos traz, em seu primeiro capítulo, o relato sobre os últimos dias de Jesus com os discípulos antes da ascensão(At 1.1-8). Esse foi um período de transição. Lucas já havia escrito um tratado endereçado a Teófilo. Seu primeiro livro relata os fatos concernentes ao ministério terreno de Jesus até ser assunto aos céus. Agora, Lucas retoma a narrativa a partir desse ponto para comunicar a Teófilo o início e o desenrolar de uma nova fase da ação divina entre os homens. O período dos evangelhos foi o tempo marcado pela ação dos apóstolos, movidos pelo Espírito Santo. No capítulo 1 de Atos, estão registradas as palavras de Jesus anunciando essa nova realidade. No versículo 5, ele menciona o batismo nas águas como experiência que os discípulos já possuíam e anuncia o batismo no Espírito Santo como fato iminente e necessário.

Continue ...

Curando as fontes da vida

Texto: II Reis, 2.19
A Palavra de Deus é pródiga em fazer uso de metáforas para estabelecer verdades acerca de nós mesmos. Por exemplo: quando ela quer descrever a perfeita unidade que há (ou deve haver) entre o povo de Deus, é usada a figura do corpo - "nós somos o corpo de Cristo" (Romanos, 12.5); quando ela quer falar da nossa real missão no mundo e da necessidade de nosso testemunho, ela usa a figura do sal e luz (Mateus, 5.13,14); ao falar da pureza e santidade da igreja, ela diz que esta é a "noiva de Cristo" (Apocalipse, 21.9). E quando a Palavra de Deus quer falar da nossa habilidade de produzir realidades favoráveis ou desfavoráveis, ela usa a figura das fontes ou mananciais.

Continue ...

Buscando a dracma perdida

Texto: "OU QUAL É A MULHER QUE, TENDO DEZ DRACMAS E PERDENDO UMA DRACMA, NÃO ACENDE A CANDEIA, E NÃO VARRE A CASA, BUSCANDO COM DILIGÊNCIA ATÉ ENCONTRÁ-LA? E ACHANDO-A, REÚNE AS AMIGAS E VIZINHAS, DIZENDO: ALEGRAI-VOS COMIGO, PORQUE ACHEI A DRACMA QUE EU HAVIA PERDIDO." (Lucas 15:8,9)
Verdade Central: A história da dracma perdida é o resgate da nossa identidade. A mulher é a figura da igreja que com diligência deve procurar o que foi perdido de valores, conceitos, fidelidade e aliança com o passar do tempo.
Introdução: A parábola da dracma perdida mostra a diligência de uma mulher que ao perder algo precioso foi à sua procura, sem hesitar. Quem conhece a parábola sabe que o requisito básico para que a dracma fosse encontrada foi o de acender a luz. Só encontramos o que perdemos quando acendemos a luz. O escuro dificulta o reconhecimento e a procura. O ato de varrer significa tirar a sujeira. A igreja é responsável por tirar toda sujeira com diligência, cautela e muita observância.

Continue ...

A Chave do Reino

Texto: Is 22.22; Ap 3.7-8; 1Co 16.9.
Introdução: Inúmeras vezes encontramos o termo chave na Bíblia Sagrada e sempre estará referindo a autoridade, poder e governo.
Ninguém poderá governar se não for autorizado para isto, e receber o poder para tal.
O poder das chaves é a autoridade exclusiva de Jesus Cristo, o Messias davídico (Mt 16.18-19).
1 – Autoridade: refere-se a legalidade ou autorização para exercer uma função.
- Deus deu a Eliaquim a autoridade para ser como pai para os moradores de Jerusalém e para Judá.
- Deus deu autoridade para Adão sobre toda criação e sobre a terra. (Gn 1.28).
- Toda autoridade vem de Deus (Rm 13.1).
- Um policial é respeitado porque foi autorizado por um governo constituído a exercer a sua função.
- Jesus somente iniciou o exercício de seu ministério após ser autorizado pelo Pai, através de João Batista (Mt 3.13-17).

Continue ...

Avivamento Pessoal e Crescimento Espiritual

Texto:  1 Pedro 2.1-10;
Texto Complementar: 2 Pedro 3.18
Introdução: Precisamos estabelecer alvos de crescimento espiritual para as nossas vidas. Precisamos almejar sermos crentes melhores, mais comprometidos com Deus, com a igreja e cheios do Espírito Santo (Fl 3.12-14).

Áreas nas quais precisamos crescer:

1. Intimidade com Deus:
Aprendendo a desfrutar da onipresença de Deus e também da sua presença manifesta. Deus deseja relacionar-se conosco mais profundamente no nosso dia a dia, e tocar-nos
Com seu poder e com seu Espírito (Ef 5.18, 19).

Continue ...

Um Caminho Novo

Texto: “Haja, contudo, entre vós e ela, uma distância de dois mil côvados; e não vos chegueis a ela, para que saibais o caminho pelo qual haveis de ir; porquanto por este caminho nunca passastes antes” (Josué 3.4).
Introdução: A Bíblia fala de várias coisas novas: nova aliança, novo nome, nova Jerusalém, novo homem, novo céu, nova terra, nova criatura, novo coração. Vivemos um tempo novo, Deus tem um vinho novo, ele está fazendo novas todas as coisas. Para que caminhemos neste novo caminho, segundo a proposta de Js 3.1-17, algumas coisas precisam acontecer:
1. Santidade.
“Disse Josué também ao povo: Santificai-vos, porque amanhã fará o SENHOR maravilhas no meio de vós” (v.5).
Sempre que Deus vai fazer algo, ele leva o seu povo à santificação.

Continue ...

Qual é a oração que move o céu?

Texto: Daniel 9:20-27
Introdução:
1. No capítulo 9, Daniel fez uma grande descoberta ao examinar Jeremias 29:10-14. Ele descobriu que o cativeiro babilônico tinha a duração de 70 anos.
2. Também no capítulo 9, Daniel fez uma grande oração, onde adorou a Deus, fez confissão do seu pecado e dos pecados do povo e pediu a Deus a restauração da sua cidade.
3. Finalmente, no capítulo 9, Daniel recebeu uma grande revelação, acerca das setenta semanas que haveriam de vir sobre o seu povo.
4. Vamos examinar o texto de Daniel 9:20-17 e ver alguns aspectos importantes da oração que move o céu.

Continue ...

Volte ao primeiro amor

Texto: Apocalipse 2:1-7

Introdução: A grande luta do Cristão deve ser para manter-se firme no Senhor, mantendo sempre acesa a chama do primeiro amor por Cristo e sua igreja até o último instante de sua vida aqui na terra.
O amor sem o qual os vários dons do Espírito Santo não atingem sua finalidade. O amor, a essência da natureza divina. O amor, a perfeição do caráter humano. O amor, a maior força do universo.

1. O Que é o primeiro amor? (I Coríntios 13:1-8).
a) Amor profundo por Jesus, a Bíblia e a igreja.
b) Desejo profundo de andar em intimidade com Deus.
c) Desejo ardente de cultuar ao senhor.
d) Amor e comunhão sincera com os irmãos.
e) Dedicação sincera a Cristo e à sua obra, prazer em servir, consagração total.

2. O que nos leva a deixar o primeiro amor?
a) Amor ao mundo. (Romanos 12:1-2; Tiago 4:4; I João 2:15)
b) A secularização do Cristianismo.
c) Olhar para os problemas alheios ... murmuração.
d) Religião de capa, egoísmo, falta de domínio do Espírito Santo na vida do crente.

3. Como identificar que deixamos o primeiro amor?
a) Abandono à oração.
b) Falta de prazer na leitura da Bíblia. (Salmo 1:1-3)
c) Substituição do culto ao Senhor por outras coisas como: Festas; aniversários, jogos, shows, passeios etc...
d) Indiferença para com Deus e para com a igreja.
e) Insensibilidade para com as mensagens...
f) Prazer nas coisas mundanas...
g) Infidelidade e indiferença na entrega dos dízimos e ofertas ao Senhor.

4. Exemplo de Pessoas da Bíblia que Deixaram o Primeiro Amor.
a) Os Israelitas na caminhada do Egito para a terra prometida (Canaã) – Murmuração.
b) Sansão: Pecado de desobediência e prostituição.
c) Saul: Pecado de desobediência e rebeldia...
d) Salomão: mundanismo , Mulheres, carnalidade...
e) Os 70 Discípulos de Jesus: (João 6:60,66)

5. Quais as consequências de se deixar o primeiro amor?
a) Nada nos aproveitará se deixarmos o primeiro amor. (I Coríntios 13:1-3)
b) O sal perde o sabor. (Mateus 5:13)
c) Esfriamento da fé, afastamento da igreja...
d) Deixar de ser igreja do Senhor Jesus. (Apocalipse v.5)
Ex.: A igreja do Oriente Médio; Europa – deixaram de ser igrejas de Jesus.
e) Ser vomitado da boca de Jesus. (Apocalipse 3:16)
f) Separação eterna de Deus. (Inferno).

6. Como voltar ao primeiro amor?
a) Arrependimento (v.5). “Lembra-te de onde caíste! Arrepende-te.”
b) Confissão. (Prov. 28:13-14; Tiago 5:16)
c) Perdão. (I João 1:9)
d) Restituição. “Pratica as primeiras obras” (v. 5)
Ex.: O Filho pródigo. (Lucas 15:11-24)

7. Como manter acesa a chama do primeiro amor?
a) Ser cheio do Espírito Santo sempre. (Efésios 5:18)
b) Orar sempre; vigiar sempre; consagração total.
c) Meditar na palavra de dia e de noite. (Josué 1:8; Salmo 1:1-3)
d) Ser perseverante até o fim. (Mateus 24:13)
e) Manter a comunhão com os irmãos sempre. (Atos 2:44)
f) Estar ligado à igreja em todo tempo. (Hebreus 10:25)
g) Ser fiel e sincero até a morte. (Apocalipse 2:10b)
h) Olhar sempre para Jesus... (Hebreus 12:2)

Conhecer a doutrina correta, obedecer alguns mandamentos, vir os cultos não bastam. É preciso acima de tudo amor sincero a Jesus Cristo e sua Palavra. (II Coríntios 11:3; Deuteronômio 10:12).
Devoção sincera e honesta, pureza de vida, santidade, amor à verdade, consagração total ao Senhor. (João 21:15).

Volte agora mesmo ao primeiro amor por Cristo Jesus e sua Igreja.  

Fonte: http://www.pibmarilia.org.br/

Continue ...

Quem pode suportar o dia da sua vinda?

Texto: Malaquias 3:2

Mas quem suportará o dia da sua vinda? E quem subsistirá, quando ele aparecer? Porque ele será como o fogo do ourives e como o sabão dos lavandeiros.

Introdução: A pergunta de Malaquias é mais atual que nunca: “Quem pode suportar o dia da sua vinda? E quem subsistirá quando ele aparecer?” Esta indagação instigante pode apavorar qualquer incrédulo e também CRENTE DESPREPARADO.

1. Quem pode suportar o dia da sua vinda?

Aquele que adora em meio às provações. (Atos 16 Paulo e Silas( Mais perto quero estar, meu Deus de ti)

Continue ...

Aprendendo a receber e a fazer críticas

Texto: Provérbios 27:5,6

Introdução
> Quem gosta de ser criticado? Quem odeia ser criticado? Quem consegue se lembrar de uma crítica que recebeu na infância, dos pais, de um professor ou de um amigo, e que causou uma mágoa profunda?
> A maioria das pessoas odeia criticas. Fazem o possível para ignorá-las, negá-las, evitá-las, protegem-se contra elas, fogem delas, inventam desculpas, jogam a culpa em outros ou atacam quem as fez.
> Essas reações podem ser muito mais destrutivas do que as próprias críticas.
> Em vez de reagirmos à crítica como se fosse uma inimiga, devemos tratá-la como uma aliada – Provérbios 27.5,6.
> Repreensão pode ser um sinônimo de crítica. Hoje chamaríamos de crítica construtiva.

Continue ...

O irmão mais velho do pródigo

Texto: Luc. 15: 25-32
Introdução: Vamos analisar o final da parábola do filho pródigo pois ela apresenta neste final a melhor mensagem para a igreja.
Na primeira parte ela apresenta: O cristão que abandonou a casa do Pai “A Igreja”. Na segunda parte ela apresenta: O cristão que esta na casa do Pai “Na Igreja”, mas também está desviado, vive apenas usando a máscara de longos anos.

Tirando a mascara de longos anos

1 – A máscara da desconfiança – “...e quando voltou ouvia a música e as dança”.
● Desconfiou da alegria na casa do Pai. Hoje, muitos andam desconfiados com o avivamento na Igreja, tudo é motivo de crítica para muitos que não concordam com a alegria na casa de Deus.

2 – A máscara da rebeldia – “Chamando um dos criados, perguntou-lhe o que era aquilo” (v.26).
● O cristão rebelde nunca consulta o pastor ou líder de célula, prefere consultar terceiros do que os que estão a altura de lhe aconselhar.

Continue ...

A cura do paralítico de Cafarnaum

Texto: Marcos 2:1-12
Introdução: A fama de Jesus percorria o país inteiro. Também os amigos do paralítico ouviram falar do Senhor e se prontificaram a levá-lo até Ele.
I. O Paralítico
a) Estava totalmente desamparado e não podia ir sozinho.
b) Era completamente dependente e foi carregado por seus amigos.
c) Estava interiormente e exteriormente na miséria – v.5

Continue ...

O Deus da segunda chance

Quebra-gelo: Você fez algo pela primeira vez e errou?

Texto: João 21:15-17

Introdução: Há alguns anos atrás o Brasil se preparava para lançar seu primeiro foguete. Fora o Brasil mais sete países detinham essa tecnologia na época, mas foi dito que nenhum desses sete países teve sucesso no primeiro lançamento e que provavelmente o Brasil também falharia. O que aconteceu.

Na vida muitas vezes falharemos. Na vida cristã não será diferente. Nem sempre conseguiremos o crescimento que esperávamos, e isso, na maioria das vezes, por falha nossa; e muitas vezes falharemos.

Continue ...

Deus reconhece e vê tudo aquilo que você faz mesmo em oculto

Texto: I Samuel17:34ª37

Introdução: A gente costuma pensar no Davi que matou Golias. Pregamos sobre isto, meditamos, discorremos, mas pouco falamos que Golias não foi a primeira vitória de Davi. Esta foi a que deu notoriedade, mas antes de chegar a Golias, ele enfrentou algumas situações complexas também, que vou chamar de treinamento. Antes de Golias, Davi matou leões e ursos lá na solidão dos campos. Que lições tiramos desse episódio?

1) Davi teve que aprender que leões e ursos são perigosos.

a) Leões atacam para caçar e matar. É seu instinto ser assassino. Significam inimigos que vivem a espreita para destruir nossas vidas. Atacam por instinto, por natureza má mesmo.

Continue ...

Exercitando o quebrantamento

Texto: Porque assim diz o Alto, o Sublime, que habita a eternidade, o qual tem o nome de Santo: Habito no alto e santo lugar, mas habito também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e vivificar o coração dos contritos (Isaias 57:15).

Introdução

De acordo com esse texto, Deus tem dois endereços. O primeiro num "alto e santo lugar", ou no céu (SI 115.3). O se­gundo, Ele mora com aquele que possui um coração abatido e contrito (Mt 5.3). Deus reside com os humildes, com os pobres de espírito. Davi aprendeu e de­clarou esta verdade: Sacrifícios agradá­veis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito não o desprezarás, ó Deus (SI 51.17).

O grande problema é que temos um grave problema no coração: somos orgu­lhosos. Mesmo

Continue ...

Vencendo o gigante da maledicência

Texto: Tiago 4:11,12

Você acha que falar mal dos outros pode transformar-se num hábito? Há algum problema nisso?

A maioria dos problemas enfrentados numa comunidade tem a ver com a maledicência.

O ser humano é a única criatura com a capacidade de articular as pala­vras. Ele se comunica através da fala. Isto é uma bênção! Contudo, o que é bênção pode transformar-se em maldição. Depende do uso.

Um estudo mais acurado mostrará, com clareza, a intensidade do ensino das Escrituras quanto a esta questão. Uma advertência seríssima vem do próprio Senhor Jesus Cristo, no Sermão da Montanha (Mt 5.21,22). É preciso ter cuidado com a maledicência? A Bíblia afirma que, se alguém consegue controlar sua língua, consegue controlar todas as outras partes de sua perso­nalidade (Tiago 3.2).

Continue ...

O fascinio da falta de vigilância

Texto: Juízes 16:23-31

Introdução:

-sorria você está sendo filmado!
-Você já deve ter encontrado em algum lugar uma placa com esses dizeres.
-Esse é um jeito gentil de dizer:seus movimentos estão sobre forte vigilância! Por isso não se meta a besta!
-Em dias em que todos os lugares estão reforçados com fortes sistemas de segurança...
-E nossos passos estão constantemente observados... pensamos:
-será que em algum lugar estamos sem sermos observados? Tenho uma resposta pra você.
-Não!
-A Bíblia diz que os olhos do Senhor estão em todo lugar!
-Por isso sorria! Você está sendo vigiado por Deus!
-E se Sansão lembrasse disso com certeza não estaria nessa situação!

 

Continue ...

Quem Deus procura

Texto: Mateus 22.14; Efésios 5.14; Mateus 9.9
- Há uma grande distância entre ser chamado e ser escolhido.
- Jesus nos demonstra que existe uma seleção, uma peneira, um funil: de muitos sobram poucos.
- A procura de Deus deve se encontrar em nossa procura, e a nossa procura deve se encontrar com a procura de Deus. Se assim for estaremos fazendo a vontade de Deus.
Existem 3 tipos de pessoas que Deus procura:

1. Os intercessores (Ezequiel 22:30 e Neemias 1:2-4 e 5-11 ‘oração de Neemias’)

Continue ...

Uma família em crise

Texto: Marcos 5.21-24, 35-43.
Introdução:
· A família brasileira está em crise.
· Temos ouvido nesses últimos anos, uma frase que parece que a cada dia que passa, tem mais simpatizantes: "A família é uma instituição falida".
· Li recentemente, que 70% das crianças das entidades antiga FEBEM, são provenientes de igrejas e famílias evangélicas. A maioria dos menores infratores tem nomes bíblicos.
· Parece-me que estes dados revelam que alguma coisa esta muito errada em nossas famílias e igrejas.
· Eis alguns dos sintomas de degeneração familiar que se nos apresentam nesses dias; crises, desencantos e desilusões nos casamentos; divórcios; crianças abandonadas; filhos irreverentes e indiferentes aos pais; brigas constantes entre os casais; etc.
Em alguns casos a situação tem se agravado, de tal maneira que:

Continue ...

Grato pelos outros

“Dou graças ao meu Deus todas as vezes me lembro de vós" Filipenses 1:3
Introdução: Nenhum homem é "uma ilha" em si mesmo. Nossas vidas tocam muito outras pessoas e as vidas de muitos outros nos toca. Por esta razão, Paulo escreveu: "para que não haja divisão no corpo, mas que os membros tenham igual cuidado uns dos outros" I Coríntios 12:25.
I. Grato pelos "Andrés e Filipes" em nossas vidas.
Volte ao dia em que você foi salvo e seja grato por aquele (s) que os trouxe a Cristo. "André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram João falar, e que seguiram a Jesus. Ele achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe: Havemos achado o Messias (que, traduzido, quer dizer Cristo). E o levou a Jesus. Jesus, fixando nele o olhar, disse: Tu és Simão, filho de João, tu serás chamado Cefas (que quer dizer Pedro)" João 1:41-42. "Felipe achou a Natanael, e disse-lhe: Acabamos de achar aquele de quem escreveram Moisés na lei, e os profetas: Jesus de Nazaré, filho de José" João 1:45

Continue ...

A sã doutrina

Efésios 4:14 adverte-nos "para que não mais sejamos meninos, inconstantes, levados ao redor por todo vento de doutrina, pela fraudulência dos homens, pela astúcia tendente à maquinação do erro"
Colossenses 2:7 nos exorta a ser "arraigados e edificados nele, e confirmados na fé, assim como fostes ensinados, abundando em ação de graças"
I. A sã doutrina é construída sobre a palavra de Deus!
"e que desde a infância sabes as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela que há em Cristo Jesus. Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça" II Timóteo 3:15-16.

Continue ...

Relacionamento com Deus

1 – O que é relacionamento?
É correspondência, trato amistoso, ou convivência, relações íntimas com alguém.
Relacionamento com Deus quer dizer convivência com Ele.
É trato diário com o Senhor, tornando-se familiar essa relação de amizade (Salmo 25:14 e Nm 12:5-8).
2 – É importante o nosso relacionamento com Deus?
Mateus 5:14 – “...Vós sois a luz do mundo”.
Romanos 13:12 – “...E revistamo-nos das armas da luz”.
Romanos 13:14 – “...Revesti-vos do Senhor Jesus”.

Continue ...

Estudo bíblico sobre missões

“Mas recebereis virtude do Espírito Santo, Deus há de vir sobre vós, e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até os confins da terra”. (Atos 1:8)

1:8- O Plano e Promessas finais de Jesus em cinco referências do Novo Testamento, Jesus incube diretamente seus discípulos a ir e pregar o evangelho a todo o mundo (Mt. 28:18-20; Mc. 16:15-18; Lc. 24:45-48; Jo 20:21-23; At. 1:8). Aqui sua grande Comissão é precedida pela promessa do derramamento do Espírito Santo. A permissão para a evangelização mundial está inseparavelmente ligada a essa promessa. Há uma necessidade obvia de poder se as pessoas perceberem completamente o evangelho. Mas, antes disso, outro assunto aguarda resolução. O Espírito veio para nos convencer a ir. Precisamos do poder de Deus para servi-lo de maneira eficaz, para curar os doentes e para libertar aqueles possuídos por espíritos imundos. Mas primeiro devemos receber a primeira unção.

Continue ...

Uma vida que agrada a Deus

Texto: Jó 1:1

Introdução: O livro de Jó fala de um homem muito especial. Ele é apresentado no início da história como um servo de Deus admirável, abençoado com muitas riquezas e uma família maravilhosa. Deus tinha muito prazer na vida de Jó!

Sua vida de fé e obediência é uma inspiração para todos nós. Viveu uma vida agradável a Deus.

Como deve ser uma vida que agrada a Deus?

I. Deve ser uma vida comprometida com a integridade moral

A. O texto diz que Jó era íntegro e reto.

1. Integro significa inteiro, completo.

Continue ...

Você é Feliz?

Texto: I Coríntios 13.13

Introdução: Estamos vivendo um momento na história da raça humana, de que o conceito de felicidade está mais do que materializado. A mídia, os meios de comunicação passam, transmitem para as pessoas que a felicidade está em ter coisas materiais, dinheiro, fama, poder, status social, influência, cultura intelectual, capacidade de ascensão na escala social e tantos outros valores, puramente humanos, passageiros, efêmeros e fugazes! A felicidade estaria realmente nestas coisas? É possível ser feliz sem elas? O que é ser feliz? Onde encontrar a felicidade? Estas e tantas outras perguntas estão na mente das pessoas! No entanto, gostaria de propor nesta reflexão os fatores para uma vida feliz, independentemente dos valores defendidos pela sociedade em que vivemos! Que fatores seriam estes para uma vida feliz? O apóstolo Paulo abordou com muita propriedade a respeito destes valores! Ele disse: “Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor”. ( I Coríntios 13.13). O primeiro fator para uma vida feliz é:

Continue ...

Voltando a Betel

Texto:  Gênesis 35:1-7

Introdução: Quando Jacó fugiu da casa de seu pai por ter enganado seu irmão Esaú com a benção da primogenitura, o primeiro lugar fora de suas terras em que passou foi Betel, e, ali ele teve uma experiência marcante com Deus e fez ali uma aliança com o Senhor (Gênesis 28:22).

I. O que significava Betel para Jacó?

1.       Voltar-se para o lugar do encontro com Deus v. 1
2.       Lugar de cumprir nosso votos e propósitos com Deus. Gênesis 28:20-22
3.       Lugar de estabelecer um altar de adoração v.1

Deus faz isso conosco para mostrar aspectos de nossas vidas que estão sendo negligenciados. Deus estava requerendo de Jacó e de sua família, uma decisão de entrega e santidade total a Ele. E assim eles deveriam levantar um altar de total dedicação a Deus. Hoje Deus está nos convocado a tomarmos uma decisão de levantarmos acampamento e caminharmos para Betel, porém lembrando sempre de que o grande alvo ali é de levantarmos um altar de compromisso, dedicação, entrega e santidade total a Deus.

II. O que Jacó teve de fazer para voltar para Betel?

1.       Teve que identificar o que podia estar em desacordo com o propósito de Deus. Jacó percebeu que havia deuses estrangeiros no meio da bagagem de sua família, os quais haviam sido furtados por sua esposa Raquel da casa de seu pai (Gênesis 31:19-21). Havia uma maldição de engano, roubo, desonestidade, inveja e mentira sobre a sua família. Por conta disso, Jacó se tornou um fugitivo. Deixava sempre pendências por onde passava. Saia dos lugares sem resolver ou encarar responsavelmente, as situações. Estava sempre fugindo com sua família de um lugar a outro.Toda pessoa que tem a síndrome de Jacó, nunca construirá nada. 

2.       Teve que renunciar os deuses estranhos porque Deus não reparte a Sua glória com ninguém. Se você vai chegar a Betel e se algum altar vai ser levantado ao Senhor dos exércitos, então os deuses estranhos terão que ficar enterrados no caminho. Muitos querem levantar um altar, ou, estar ministrando no altar sem se libertar dos deuses estranhos.
a.       O carvalho é o ponto decisivo. Enterrar significa por um fim, sepultar completamente. Muitas pessoas trazem esses deuses em sua vida, família ou ministério e os carregam por muito tempo em sua caminhada cristã. Mas tem um, porém: O carvalho era a maior e mais frondosa árvore da floresta de Siquém, era fácil saber, ou identificar onde os objetos haviam sido enterrados, caso se esquecessem do local no meio da floresta. Era uma espécie de mapa para saber onde estava enterrado o “tesouro”. Os deuses estranhos roubam a glória de Deus em nossa vida. Além disto, eles ocupam o lugar o espaço que deveria ser ocupado pelos desígnios do Altíssimo. E quando isto acontece, entramos em pecado de idolatria.

3.       Jacó teve que levar sua família a lavar-se no rio, porque estavam sujos devido à caminhada. Isto significa que temos que nos purificar das obras mortas e nos santificar para o Senhor. 

4.       Precisou trocar suas vestes.
a.       Jacó também levou sua família a trocar as vestes. Devido à longa caminhada, as vestes se sujaram, outras se rasgaram, outras ficaram pequenas para os corpos que cresceram. As vestes na Bíblia nos falam da conduta da vida diária. Se não trocarmos nossas vestes, não poderemos levantar um altar ao Senhor e nem ministrar diante d’Ele. Precisamos mudar a nossa postura; nossa forma antiga de nos comportar; nossa maneira de falar; nossa forma de tratar com os outros. Precisamos mudar as nossas vestes de lamúria por vestes de louvor (Isaías 61:3) “E dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e vestes de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória”. Temos que manter nossas vestes sempre limpas e o nosso corpo coberto no tempo das crises e das batalhas que travamos no mundo espiritual (Apocalipse 16:15) “Eis que venho como ladrão! Feliz aquele que permanece vigilante e conserva consigo as suas vestes, para que não ande nu e não seja vista a sua vergonha”.

5.       Temos que saber quando devemos começar as mudanças e por onde começar, antes de construir algo.
a.       Quando Jacó passou as novas diretrizes espirituais para a sua família e quando um por um deles abandonou o seu deus estranho lá no carvalho de Siquém, quando cada um deles mudou sua veste o poder de Deus entrou imediatamente em operação.

Conclusão

1.       Sempre que renunciarmos os deuses e obras do passado, o caminho para o milagre fica aberto. 
2.       Este é um momento para avaliarmos se temos deuses e roupagens que tem impedido de sermos mais autênticos e comprometidos com Deus e quais serão nossos argumentos espirituais para levantarmos o nosso altar em Betel.
3.       Deus está nos conduzindo ao lugar de intimidade com Ele. Quando voltarmos estejamos prontos para levantarmos o nosso altar ao nosso Deus, e então, Ele nos encherá com o seu poder e nos capacitará a construirmos algo permanente, de sucesso e milagres para a glória d’Ele.
Continue ...